6 de junho de 2007

Oração em Carta a Jesus 7


Meu querido Jesus

Hoje é Quarta Feira e vem à minha memória a Quarta Feira de Cinzas, o arrependimento, a conversão.
Obrigado, adorado Jesus, porque não permitiste que me perdesse e apesar de ter andado tantos anos longe de Ti, quando foi o Teu tempo chamas-Te-me, docemente fizeste-me encontrar-Te, tomas-Te-me nos Teus braços, acarinhas-Te-me, seduzis-Te-me, e fizes-Te-me ter conTigo esta intimidade pessoal de tal maneira intensa que não me posso apartar de Ti.
E obrigado, Jesus, porque não quisesTe saber dos meus muitos, enormes e continuados pecados, mas apenas estendes-Te a mão, olhaste-me nos olhos, (terá sido assim que fizesTe a Pedro daquela vez?), e tocado pela Tua ternura, fizesTe o meu coração arrepender-se, voltar-se para Ti e com os olhos cheios de lágrimas, dizer-te. «Perdoa-me Jesus, que eu não sabia o que fazia.»
E logo os Teus braços se abriram, (não Jesus, já estavam abertos), e abraças-Te-me com tanto amor, que as minhas barreiras se derreteram e logo decidi que a minha vida Te pertencia, em tudo a que me chamasses.
E agora, amado Jesus, já não peco, já não duvido, já não Te volto as costas nunca?
Ah, Jesus, era tão bom que assim fosse!
Mas não, continuo pecador, fraco, um pouco incrédulo e às vezes até fujo de Ti.
Mas Tu, querido Jesus, não desistes, corres para mim, (porquê Jesus, porque Te voltaste para este nada), e chamas-me, e dizes-me ao ouvido: «Amo-te, quero precisar de ti».
De mim, Jesus, pobre de mim!
Mas aqui estou, adorado Jesus, de mão dada conTigo, no caminho da conversão diária, na luta constante com a minha fraqueza, por Tua graça, Jesus, por Tua graça.
«Já não sou eu que vivo, é Cristo que vive em mim».
Alguma vez Jesus amado, poderei dizê-lo verdadeiramente?
Pede a Tua Mãe que me ajude, que nos ajude neste caminho de conversão, une-me, une-nos, conTigo ao amor do Pai, e encharca-me, encharca-nos do Teu Espírito Santo, porque só na Sua força, a conversão será verdadeira.
Beijo os Teus pés Jesus, porque é a Teus pés que eu quero viver o nosso amor.
.
12.07.06