30 de junho de 2009

Olha Jesus...

... sabes, não entendo muito bem o Teu amor por nós, mas gosto e aceito-o.

Sei que nos amas a todos.
Sei que desejas o melhor para nós.

Pensando em mim, e, no que tem sido a minha vida.... não me recordo de nada, mas mesmo nada... que TE tenha pedido, e, não me Tenhas concedido.

Também isto, eu não entendo.... pois Fazes-me sentir, uma filha mimada, uma filha... que tudo o Pai lhe dá, não num abrir e fechar de olhos... não num mar de facilidades, nem num mar de sorrisos e alegrias.

Hoje meu JESUS, peço-Te uma vez mais pela Zé!
Peço-TE JESUS, que operes na ZÉ... o Teu maravilhoso plano, o TEU plano para ela.
Tem Misericórdia JESUS.... e Dá-lhe o TEU maravilhoso Abraço de AMOR e Misericórdia!
Olha JESUS... peço-TE tudo isto, sem saber se devo fazê-lo... mas por Amor que o faço...

Obrigada JESUS.

JESUS, EU CONFIO EM VÓS!

29 de junho de 2009


São Pedro

.


.

«Tu és o Messias, o Filho de Deus vivo.»


Quiséramos nós Senhor, que esta fosse uma verdade nas nossas vidas, que não saísse apenas das nossas bocas, mas dos nossos corações.
Que fosse uma verdade revelada pelo amor do Pai nas nossas vidas e não apenas fruto de uma tradição de costumes ou de uma repetição de frases ouvidas.
Por isso Te pedimos Senhor, que derrames em nossas vidas o Espírito Santo, para que pela Sua presença em nós, sempre possamos dizer com as nossas bocas, palavras do coração, testemunhando com as nossas vidas, que «Tu és o Messias, o Filho de Deus vivo.».
Amen.

.

.

25 de junho de 2009

"Senhor, depositai o Vosso olhar misericordioso sobre a Vidas... salvai-a da doença, aliviai-a da sua cruz, não a façais sofrer mais.
Abba, que és também seu Pai e Pai de todos nós, apelo ao Vosso Amor. Vós, que abominais o sofrimento, Vós que tanto almejais a nossa felicidade, não vos esqueçais da MJG. Não deixeis Vossa filha desamparada, mas livrai-a do Mal."

Pai Nosso...

"Maria, Mãe de Deus, Mãe de toda a Igreja, recordai-vos desta vossa filha e intercedei por ela junto de vosso Filho. Que a vossa intervenção permita o milagre que outrora permitiu em Canãa. Nossa Senhora das Dores, Nossa Senhora dos Remédios, Nossa Senhora da Saúde, rogai pela nossa amiga"

Avé Maria...

Arcanjo S. Rafael, intercedei pela MJG
S. Lucas Evangelista, intercedei pela MJG
S. Gianna Molla, intercedei pela MJG

Ámen.

23 de junho de 2009

Jesus, eu confio em Vós!


Jesus, eu acredito e confio em Vós!
Tu és o meu melhor amigo
que tem caminhado ao meu lado
ao longo da minha atribulada vida.

Jesus, eu acredito na Tua Palavra
Apenas Tu tens palavras de vida eterna!

Para onde iremos sem Ti?

Acredito em Ti, Jesus.

Tu me salvaste do abismo.
Acredito no teu amor,
Tu que deste a vida por nós.

Acredito que venceste a morte
e ressuscitaste.

Acredito que estás vivo aqui nesta terra, no meio de nós.

Eu te peço, Jesus, que aumentes a minha fé,
a minha esperança
e o meu amor por Ti.


Jesus, socorre a minha amiga Conceição Castro, nesta hora tão difícil para ela, e cura-a do seu mal, Senhor, pois para Ti a ciência dos homens nada é comparada com o teu poder: para Ti não há impossíveis!

22 de junho de 2009

oh meu senhor e meu deus

ajuda-me na destruição que sou
na incredulidade em que respiro
o mundo
o outro
tudo o que vai acontecendo

ajuda-me no equívoco que sou
na incredulidade em que respiro
a alma
o eu
tudo o que se vai vivendo

oh cristo não abandones nunca
e em toda a parte perdoa
vivifica e liberta

oh espírito não apagues nunca
e em toda a parte incendeia
confirma e fortalece

faz-me igreja oh deus
mundo de ti
alma de ti
comunhão de ti

(pai nosso)

ámen

21 de junho de 2009

Perdão

Senhor, deixamos muitas vezes pequenos ódios e ressentimentos minarem a nossa relação com aqueles que nos são mais próximos. Depois descobrimos, muitas vezes demasiado tarde, que o Amor, e o Perdão, são a única verdade. Peço-te pelo José Carlos, que o recebas na tua glória, e pela sua filha, que após tantos anos chorou.

O Bom Pastor

"Sou Eu que apascentarei as minhas ovelhas,
sou Eu quem as fará descansar.
Procurarei aquela que se tinha perdido,
reconduzirei a que se tinha tresmalhado,
cuidarei da que está ferida
e tratarei da que está doente."

Ezequiel 34, 15 - 16

Graças

Senhor,
Temos sempre tantas graças a dar-te.
Quero dar-tas pelo dia de hoje,
por mais um dia que chegou ao fim
e que foi bom para mim.
Graças, porque pela oração rezada abaixo,
não podia ter acabado melhor
e me fazes ainda ter graças a dar-Te
pelo calor que fizeste acontecer
no meu coração.
Graças por ter-Te sempre tão perto,
ser tão fácil chegar a Ti,
saber que sempre nos ouves
e nos concedes graças :
Graças sem fim...
Obrigada Senhor.

Ámen.

20 de junho de 2009

Oração

.
.
Senhor
no silêncio que se faz à minha volta,
neste lugar agora sozinho,
fecho os olhos
e abandono-me nos teus braços.
Obrigado Senhor,
por me teres mostrado este momento,
porque tantas vezes estamos sós,
assim em silêncio,
e não nos lembramos de Ti,
não nos lembramos de que,
Tu estás sempre connosco.
Como é bom,
Senhor,
sentir a Tua presença,
o Teu amor,
a Tua paz.
Por isso Te peço,
Senhor,
faz agora,
com que todas aquelas,
e aqueles,
que não sentem agora,
a Tua presença,
o Teu amor,
a Tua paz,
fechem também os seus olhos,
por um momento,
e abandonados a Ti,
e em Ti,
se alegrem no coração,
pela Tua presença viva,
no meio de nós,
e em nós.
Ámen.
.
.

19 de junho de 2009

18 de junho de 2009

SENHORA DOS CAMINHOS

Senhora dos Caminhos
De olhos de criança
De vestes de menina
Vinde comigo percorrer da Vida
Ignotas estradas
Que nunca palmilhei...
Senhora dos Caminhos
De mãos erguidas
De mãos abertas voltadas para o Céu
Num gesto de Ofertório...
comigo
E ensinai-me a Dar
Pois receio perder-me
Na cidade das almas sem Esperança
Onde há ruas sem Sol
E atalhos fechados à Alegria
Inundados de prantos...
Senhora dos Caminhos
Senhora Doce das Avé-Marias
Pintada a branco e roxo
Nos pequenos vitrais...

Vinde comigo
A percorrer caminhos
Que percorri jamais...
Assim
Convosco de mãos dadas
Irei sem recear.
E cruzarei de Vida
Insondáveis marés...
E,
Depois,
Quando chegar
A hora de partir,
Havemos de sorrir,
Sorrir, sem murmurar:

– Muitas Vidas ficaram por Viver!
– Muitos Sonhos ficaram por Sonhar!

Maria Helena Amaro
Maio, 2009

15 de junho de 2009



«Ouvistes o que foi dito: Olho por olho e dente por dente. Eu, porém, digo-vos: Não oponhais resistência ao mau. Mas, se alguém te bater na face direita, oferece-lhe também a outra. Se alguém quiser litigar contigo para te tirar a túnica, dá-lhe também a capa. E se alguém te obrigar a acompanhá-lo durante uma milha, caminha com ele duas. Dá a quem te pede e não voltes as costas a quem te pedir emprestado.» Mt 5,38-42.


Que estas palavras do Teu Evangelho, proferidas em todas as Santas Missas de hoje, nos levem a dar a outra face. Sabes, Jesus, é tão difícil! Difícil, porque somos orgulhosos e porque nem sempre sabemos bem o que é dar a outra face. Para a maior glória do Pai, renova em nós o Espírito Santo para que vejamos onde não estamos a dar a outra face e para que venhamos a ser mansos e humildes de coração como Tu és.


Maezinha, ajuda-nos a sermos mais o Rosto do Teu Filho!

Amén




13 de junho de 2009

Santo António de Lisboa

.

Santo António de Lisboa,
rogai por nós,
rogai por Portugal.
.
.

PAI NOSSO...

"Pai-Nosso que estás no Céu…

Pai-Nosso, que estás no Céu e estás aqui,

comprometo-me a viver no mundo proclamando que sou Teu filho.

E quando não puder ou não souber fazê-lo com palavras,

nem assim a minha vida se calará:

então, serão os meus gestos sorridentes

revelação da alegria de conhecer em Ti todos os homens como meus irmãos!

Santificado seja o Teu Nome…

Santificado seja o Teu Nome, Pai,

não tanto nas palavras que se dizem de Ti,

mas nas vidas que se gastam em teu nome.

Prometo, Bom Pai, ser dócil à Tua acção em mim,

de modo a que a minha vida seja para os corações atentos

mediação da Tua Presença,

revelação do Teu Amor

e voz da Tua Palavra.

Venha a nós o Teu Reino…

Decido-me hoje, Pai,

a pôr o melhor de mim em função da construção do Teu Reino,

que é dom do Teu Amor mas também tarefa da nossa fidelidade.

O Teu Reino é a concretização do Teu Sonho

de fazeres de todos os homens Teus filhos bem-amados.

Por isso, o Teu Filho Se fez nosso irmão em Jesus de Nazaré

e nos ensinou a chamar-Te como Ele: “Abba! Papá!”

Mas o Teu Reino, a Tua Família, tem duas faces:

a filiação divina e a fraternidade humana.

A filiação divina é puro dom do Teu Amor de Pai.

Mas a fraternidade humana é construção do nosso amor…

Seja feita a Tua vontade, assim na terra como no Céu…

Pai, ponho hoje a minha vida à total disposição da Tua vontade,

de modo a ser cada vez mais à Tua imagem e semelhança e ao jeito de Jesus.

Confio em Ti, Pai,

porque tenho a certeza absoluta de que a Tua vontade a meu respeito

coincide exactamente com o melhor para mim.

És Amor, e não és senão Amor!

Sei que me sonhas e me conduzes

bem para lá do horizonte curto dos meus próprios sonhos e projectos.

Por isso, Pai, confio em Ti e confio-me a Ti!

Faz de mim o que quiseres.

Contigo, ninguém fica a perder…

Dá-nos o pão nosso de cada dia…

Pai, que eu acolha tudo na minha vida como dádiva Tua.

O pão, a família, a casa, a missão, o dia…

Disponho-me a que o Teu Espírito Santo

enraíze cada vez mais o meu coração na terra fecunda da Fé,

pela qual todas as coisas se transformam em dom,

e a partir da qual todos os dias se tornam hinos de gratidão.

Além disso, Pai, comprometo-me a dar o melhor de mim

para que a minha vida seja rosto visível

do Teu Amor generoso por todos os homens meus irmãos,

partilhando com cada um a riqueza que sou e tenho, por dádiva Tua.

Perdoa-nos as nossas ofensas, assim como nós perdoamos…

Pai, sei que me perdoas sem condições.

Sei que és Amor totalmente incondicional.

Mas, porque és Amor, também não Te impões,

nem impões nenhum dos Teus dons. Nem o perdão…

E o modo de tornar o meu coração capaz de acolher e encarnar o Teu perdão,

é tê-lo sempre disponível a perdoar aqueles que porventura me tiverem magoado.

Comprometo-me, Pai, a viver com os meus irmãos em permanente atitude de perdão. Comprometo-me a “dar sempre a outra face”,

isto é, a tomar sempre a iniciativa da reconciliação.

Prometo, também, perdoar a mim próprio

os pedaços da minha história que ainda hoje me turvam o coração

e me desassossegam a serenidade.

Assim, Pai, tenho a certeza que a força transformadora e recriadora do Teu perdão encontrará todo o espaço para fazer de mim um Homem Novo,

renascido no Teu Amor.

Não nos deixes cair em tentação e livra-nos do mal…

Comprometo-me, Pai, a ser no mundo vida profética em Teu nome,

denunciando e combatendo todas as formas de mal

que se alimentam da opressão dos meus irmãos

e abrem caminhos tortuosos de desumanização.

Decido, Bom Pai, viver em intimidade contigo

numa atitude de permanente conversão e renascimento interior,

para que não seja nunca para ninguém motivo de tristeza,

sofrimento ou empobrecimento.

Amen!

Eis, Pai, a minha boca:

num mundo que proclama em horário nobre a mentira e a alienação,

estou disponível a deixá-la ser instrumento da Tua Palavra de Verdade libertadora.

Eis, Pai, as minhas mãos:

num mundo que as usa para afastar obstáculos e eliminar adversários,

estou disponível a deixá-las ser instrumento do Teu Amor

que nos faz irmãos de mãos dadas

e esforço conjunto pelo bem de todos.

Eis, Pai, a minha vida toda:

num mundo em que muitos passam pela vida como se ela fosse uma carreira,

estou disponível a deixá-la ser instrumento da Tua Revelação

que nos abre o horizonte da Vida em Plenitude do Teu Reino,

onde ninguém vale pelo que tem,

pelo que sabe,

pelo que manda…

Onde cada um é aquilo que ama!"

Jovens Redentoristas

11 de junho de 2009

Santíssimo Corpo e Sangue de Cristo

.

Senhor Jesus Cristo, que neste admirável sacramento
nos deixaste o memorial da vossa paixão,
concedei-nos a graça
de venerar de tal modo os mistérios do vosso Corpo e Sangue
que sintamos continuamente os frutos da vossa redenção.
Vós que sois Deus com o Pai na unidade do Espírito Santo.


Da Liturgia
.
.

10 de junho de 2009

QUERIDO PAI

Desde toda a eternidade, Tu me sonhaste e amaste tal como sou, única e insubstituível para Ti.

OBRIGADA, PAI, PELO TEU AMOR!

Foste Tu que me criaste assim: com tantas qualidades (que às vezes desperdiço, ou não agradeço o suficiente), e com tantos defeitos (que por vezes não quero ver, ou desesperam-me quando dou de caras com a minha fraqueza). Não me criaste perfeita porque queres dar-me a oportunidade de crescer. Porque me amas, queres ver a minha liberdade em acção, dar-me a alegria do esforço e a honra de poder colaborar conTigo.

OBRIGADO, PAI, PORQUE ME FIZESTE SÓ SEMENTE.

E é maravilhoso saber que tens um sonho só para mim, que não me vês como eu sou, mas como eu posso ser: Tu já me vês santa, e já sorris pensando no abraço que me darás no Céu, quando finalmente eu chegar a Tua casa.

OBRIGADO, PAI, PORQUE ACREDITAS NA PLANTA EM QUE ME POSSO

TRANSFORMAR.

Mas porque me amas e conheces, sabes que sozinha nunca seria verdadeiramente capaz de usar os talentos que me ofereceste, nem poderia ultrapassar as debilidades que me deixaste, e por isso todos os dias me sustentas com o Teu Amor. Enviaste o Teu Filho Jesus, que morreu na Cruz por mim para me abrir as portas do Céu; deixaste o Espírito Santo a morar no meu coração, para me soprar a cada momento que “Só o Amor importa”; e confiaste-me a Maria, para me levar pela mão, passo a passo, a caminho de Casa.

OBRIGADO, MEU DEUS: PAI, FILHO E ESPÍRITO SANTO, E OBRIGADO, MÃE – A VÓS ME ENTREGO!

9 de junho de 2009

PEGADAS NA AREIA

A vida é um sonho permanente…

Sonhei que andava a passear na praia e, no céu, passavam cenas da minha vida e após cada cena que passava, percebi que ficavam marcadas na areia duas pegadas longas, ao lado das minhas.

Não vi ninguém. Não ouvi ninguém.

Apenas me entrou na alma a voz do Senhor dizendo-me que as pegadas eram Suas, porque seguia comigo em todas as horas.


Quando a última cena da minha vida passou diante de mim, olhei para trás, para as pegadas na areia, e notei que muitas vezes, no caminho da minha vida, havia apenas um par de pegadas na areia.

Notei também que isso aconteceu nos momentos mais difíceis e angustiosos do meu viver.

- Senhor! – gritei com aflição.

Porque me abandonaste?

Tu disseste-me que, uma vez que resolvi seguir-Te, Tu andarias sempre comigo, em todos os caminhos. Contudo, notei que durante as maiores tribulações do meu viver, havia apenas um par de pegadas na areia. Não compreendo porque é que, nas horas em que eu mais necessitava de Ti, Tu me deixa-te sozinha.


O Senhor respondeu-me com amor:

- Minha querida filha, jamais te deixaria nas horas de prova e sofrimento.

Quando viste, na areia, apenas um par de pegadas, eram as minhas. Foi exactamente aí que peguei em ti ao colo para aliviar teu sofrimento e enxugar tuas lágrimas...


E eu continuei a caminhar confiadamente…


Adaptado do poema original “Eu Tive Um Sonho” de Margaret Fishback Powers