30 de setembro de 2011

S. JERÓNIMO, presbítero e doutor da Igreja

.
.



Memória

Nasceu em Estridon (Dalmácia) cerca do ano 340. Estudou em Roma e aí foi baptizado. Tendo abraçado a vida ascética, partiu para o Oriente e foi ordenado sacerdote. Regressou a Roma e foi secretário do papa Dâmaso. Nesta época começou a revisão das traduções latinas da Sagrada Escritura e promoveu a vida monástica. Mais tarde estabeleceu-se em Belém, onde continuou a tomar parte muito activa nos problemas e necessidades da Igreja. Escreveu muitas obras, principalmente comentários à Sagrada Escritura. Morreu em Belém no ano 420.


Oração

Senhor nosso Deus, que destes ao presbítero São Jerónimo o dom de saborear a Sagrada Escritura e de a viver intensamente, fazei que o vosso povo se alimente cada vez mais com a vossa palavra e encontre nela a fonte da verdadeira vida. Por Nosso Senhor.


Laudes de hoje
.
.

29 de setembro de 2011

S. MIGUEL, S. GABRIEL e S. RAFAEL, Arcanjos

.
.



Festa

Hino

Cristo, esplendor de Deus,
Se eleva da terra aos Céus
Um canto de Aleluia.
À voz dos Anjos unidos,
Vibram os nossos sentidos
Em jubilosa harmonia.

Com os Arcanjos cantamos:
Nas suas vozes saudamos
O sol de cada manhã.
Seu exército fiel
Tem à frente São Miguel
Nas lutas contra Satã.

Com tão grande defensor,
Cristo Jesus, Rei de amor,
Vença em nós toda a maldade.
Protector de peregrinos,
Conduza os nossos destinos
À sua santa cidade.

Nossas vozes, noite e dia,
Se juntam em sinfonia,
Em espírito e verdade,
Em tudo glorificando
E em todo o sempre adorando
A Santíssima Trindade.


Salmodia
Salmos e cântico do Domingo I.

Ant. 1 Com os Anjos louvemos ao Senhor, a quem os Querubins e os Serafins aclamam dizendo: Santo, Santo, Santo!

Ant. 2 Anjos do Senhor, bendizei o Senhor eternamente.

 Ant. 3 Todos os Anjos no Céu proclamam, Senhor, a vossa santidade, dizendo numa só voz: Glória a Deus!


Leitura breve                                                                                                     Gen 28, 10-12a

Jacob teve um sonho: uma escada estava assente na terra e a parte superior tocava no Céu; por ela subiam e desciam Anjos de Deus. O Senhor apresentou-Se de pé sobre ela e disse: Eu sou o Senhor, o Deus de Abraão, teu pai, e o Deus de Isaac.


Responsório breve

V. O Anjo colocou-se junto ao altar do templo.
R. O Anjo colocou-se junto ao altar do templo.
V. Com um turíbulo de oiro na mão.
R. Junto ao altar do templo.
R. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
R. O Anjo colocou-se junto ao altar do templo.


Ant. Bened.

Vereis o Céu aberto e os Anjos de Deus subindo e descendo sobre o Filho do homem.


Preces

Irmãos, adoremos o Senhor, em cuja presença estão multidões de Anjos que O servem dia e noite, cantando a uma só voz, e aclamemos, dizendo com alegria.

Bendizei o Senhor, todos os seus Anjos.

Deus providente, que mandastes os vossos Anjos para nos guardar em todos os nossos caminhos,
— conduzi-nos hoje pelos vossos caminhos sem mancha de pecado.

Pai de bondade, cuja face os nossos Anjos dia e noite contemplam no Céu,
— fazei que busquemos continuamente o vosso rosto.

Deus de infinita santidade, cujos filhos são como os Anjos do Céu,
— dai-nos a pureza de corpo e alma.

Enviai, Senhor, o grande príncipe Miguel em auxílio do vosso povo,
— para que o defenda no combate contra Satanás e seus anjos.


Pai nosso.


Oração

Senhor Deus do universo, que estabeleceis com admirável providência as funções dos Anjos e dos homens, concedei, propício, que a nossa vida seja protegida na terra por aqueles que eternamente Vos assistem e servem no Céu. Por Nosso Senhor.


Laudes de hoje
.
.

28 de setembro de 2011

Rezando o Evangelho de hoje

.
.




Lucas 9,57-62.

Naquele tempo, enquanto Jesus e os seus discípulos iam a caminho de Jerusalém, alguém disse-Lhe: «Hei-de seguir-te para onde quer que fores.»
Jesus respondeu-lhe: «As raposas têm tocas e as aves do céu têm ninhos, mas o Filho do Homem não tem onde reclinar a cabeça.»
E disse a outro: «Segue-me.» Mas ele respondeu: «Senhor, deixa-me ir primeiro sepultar o meu pai.»
Jesus disse-lhe: «Deixa que os mortos sepultem os seus mortos. Quanto a ti, vai anunciar o Reino de Deus.»
Disse-lhe ainda outro: «Eu vou seguir-te, Senhor, mas primeiro permite que me despeça da minha família.»
Jesus respondeu-lhe: «Quem olha para trás, depois de deitar a mão ao arado, não está apto para o Reino de Deus.»


Senhor,
colocas nas minhas mãos o arado,
para que eu lavre a terra,
que Tu queres semear.
E eu quero olhar para trás,
para ver se perco alguma coisa
da vida que Tu me deste.
Mas Tu,
Senhor, dizes-me
que a vida está em frente,
está no arado que me entregas,
para revolver a terra
que me dás para semear.
Segredas aos meus ouvidos
que a alegria,
que a vida,
está em ver crescer em planta,
da semente que semeaste,
na terra que eu arar.
E eu,
prometo-Te que sim,
que não olharei para trás,
que agarrado ao arado que me deste,
apenas Te seguirei,
a lavrar a terra
que Tu me quiseres dar.
Mas se eu olhar para trás,
Senhor,
e eu sei que olharei,
não me retires o arado,
mas com todo o Teu amor,
aponta-me de novo o caminho,
e a Ti retornarei.
Amen.
.
.

27 de setembro de 2011

S. VICENTE DE PAULO, presbítero

.
.



Memória

Nasceu na Aquitânia em 1581. Completados os estudos e ordenado sacerdote, exerceu o ministério paroquial em Paris. Fundou a Congregação da Missão, destinada à formação do clero e ao serviço dos pobres; com a ajuda de S. Luísa de Marillac instituiu também a Congregação das Filhas da Caridade. Morreu em Paris no ano 1660.


Ant. Bened.

Consolador dos aflitos e protector dos fracos, São Vicente revelou aos homens o coração de Deus.


Oração

Senhor, Deus de bondade, que enriquecestes o presbítero São Vicente de Paulo com virtudes apostólicas para se entregar ao serviço dos pobres e à formação dos pastores do vosso povo, concedei-nos que, animados pelo mesmo espírito, amemos o que ele amou e pratiquemos o que ele ensinou. Por Nosso Senhor.
.
.

25 de setembro de 2011

Oração de entrega e confiança


.
.




Mãe santíssima,
entregamos-te este espaço de oração.
Têm sido reportados ataques informáticos de pessoas que não querem que estes espaços de oração, de testemunho do amor de Deus, de testemunho da vivência da Fé, existam.
Mas, a tua intercessão é muito mais poderosa que o saber dos homens, quando esse saber pretende afastar os homens de Deus.
Por isso te pedimos, Mãe, que coloques sobre a Tua protecção este espaço e todos aqueles que, de coração aberto à vontade de Deus, O pretendem dar a conhecer pela oração e pela entrega.
E porque confiamos na Tua intercessão, desde já, louvamos a agradecemos a Deus para que em tudo e sempre seja feita a Sua vontade.
Amen.

23 de setembro de 2011

S. PIO DE PIETRELCINA, presbítero

.
.



Nasceu em Pietrelcina, na região de Benevento, na Itália, no ano de 1887. Ingressou na Ordem dos Frades Menores Capuchinhos e, ordenado sacerdote, exerceu o ministério com grande diligência pastoral, especialmente no convento da localidade de São João Rotondo, na região da Apúlia, servindo o povo de Deus com grande espírito de oração e humildade, na direcção espiritual dos fiéis, na reconciliação dos penitentes e na dedicação providente pelos enfermos e os pobres.
Plenamente configurado com Cristo crucificado, completou a sua peregrinação terrena no dia 23 de Setembro de 1968.



Oração

Deus todo-poderoso e eterno, que destes a São Pio, presbítero, a graça de participar de modo admirável na cruz do vosso Filho e por meio do seu ministério renovastes as maravilhas da vossa misericórdia, concedei-nos, pela sua intercessão, que, unindo-nos constantemente aos sofrimentos de Cristo, tenhamos a alegria de alcançar a glória da ressurreição. Ele que é Deus convosco na unidade do Espírito Santo.


Laudes de hoje
.
.

22 de setembro de 2011

Oração pela Efusão do Espírito Santo

.
.




Jesus, eu sei que Te pertenço e que Tu me pertences para sempre.
Eu Te dou graças por me teres infundido o Teu Espírito,
através dos Sacramentos do Baptismo e da Confirmação,
para que eu pudesse viver uma vida nova contigo.


Renova agora em mim o Teu Espírito,
faz esse Espírito transbordar em mim.


Concede-me uma nova plenitude do Teu Espírito,
para que eu encontre uma luz nova nas Escrituras,
e apure o gosto e perseverança na oração.


Que eu possa ver-Te sempre que recebo os Sacramentos.
que eu ame como Tu amas,
que eu perdoe como Tu perdoas,
que eu interceda como Tu intercedes,
que eu testemunhe, tal como Tu testemunhaste a Verdade,
que eu utilize os dons que me concedes para o bem do Teu povo.
Que eu goze a Paz que prometeste.


Enche-me do Teu Espírito, ó Senhor,
Porque eu quero ser transformado e
Acolher em mim tudo o que Tu me queres dar!


Retirado de PNEUMA
.
.

21 de setembro de 2011

S. MATEUS, Apóstolo e Evangelista


.
.



Festa

Nasceu em Cafarnaum, e exercia a profissão de cobrador de impostos quando Jesus o chamou. Escreveu o Evangelho em língua hebraica e, segundo uma tradição, pregou no Oriente.


Hino

São Mateus, filho de Alfeu,
Publicano, pecador,
Quando Deus o escolheu,
Seguiu Cristo, com ardor.

Ao seu telónio sentado,
Desprezado pelo povo,
Foi por Cristo transformado
E tornou-se um homem novo.

Coração aberto, ardente,
Sempre atento à mão de Deus,
Foi recolhendo a semente
Que Cristo trouxe dos Céus.

E em linguagem cristalina,
Transmitiu à humanidade
Essa palavra divina,
Boa Nova da Verdade.

O Evangelho que escreveu
E a todo o mundo chegou,
Mateus por ele morreu
E com seu sangue selou.

Convosco, mártir em glória,
Evangelista inspirado,
Celebramos a vitória
De Cristo ressuscitado.


Ant. Bened.

Jesus viu um homem chamado Mateus, sentado no posto de cobrança, e disse-lhe: Segue-Me. E ele ergueu-se e seguiu Jesus.


Oração

Senhor nosso Deus, que, na vossa infinita misericórdia escolhestes o publicano Mateus para vosso Apóstolo, concedei-nos que, ajudados pelo seu exemplo e intercessão, Vos sigamos fielmente e nos entreguemos a Vós de todo o coração. Por Nosso Senhor.


Laudes de hoje
.
.

20 de setembro de 2011

SS. ANDRÉ KIM TAEGON, presbítero, PAULO CHONG HASANG e Companheiros, mártires

.
.



Memória

No início do século XVII, por iniciativa de alguns leigos, entrou pela primeira vez a fé cristã na Coreia. Assim se formou uma comunidade forte e fervorosa, sem pastores, quase só conduzida por leigos, até ao ano 1836, durante o qual chegaram os primeiros missionários, vindos de França, que entraram furtivamente na região. Nas perseguições dos anos 1839, 1846 e 1866, surgiram desta comunidade 103 santos mártires, entre os quais se distinguem o primeiro presbítero e ardente pastor de almas André Kim Taegon e o insigne apóstolo leigo Paulo Chong Hasang. Os outros são quase todos leigos, homens e mulheres, casados ou não, anciãos, jovens e crianças, que, suportando o martírio, consagraram com o seu glorioso sangue os florescentes primórdios da Igreja coreana.


Oração

Deus, criador e salvador de todos os povos, que, nas terras da Coreia, de modo admirável chamastes à fé católica um povo de adopção filial e o fizestes crescer pelo glorioso testemunho dos santos mártires André, Paulo e seus companheiros, concedei que, a seu exemplo e pela sua intercessão, também nós permaneçamos até à morte fiéis aos vossos mandamentos. Por Nosso Senhor.


Laudes de hoje.
.
.

19 de setembro de 2011

Senhor, ensina-me a viver

Senhor, eu peço o Teu amor por nós
É tão mais fácil conviver
Com atenção ouvimos tua voz
Para podermos aprender

Ó Senhor dá-nos Tua graça e luz
Para podermos caminhar
E carregando esta nossa cruz
Fica mais fácil suportar

Senhor, ensina-me a viver,
a dar e a receber
de Ti o que eu mereço,
é tudo o que eu Te peço
para continuar
a poder caminhar
para a frente


Gostava de Te poder ter aqui
Tudo seria bem diferente
Dar-Te a mão e irmos por aí
Falar de Ti a toda a gente

Senhor, ensina-me a viver,
a dar e a receber
de Ti o que eu mereço,
é tudo o que eu Te peço
para continuar
a poder caminhar
para a frente

(Oh, Senhor) dá-me a Tua mão,
que eu nunca diga não
Tu és a minha luz,
és Tu quem me conduz
até à eternidade
com toda a liberdade
para sempre... Oh, Senhor!



(Autor: Barclay James Harvest
Intérprete: Paulo Adriano)

18 de setembro de 2011

Louvor a Deus

.
.



Cântico                                                                                                                         Dan 3, 57-88.56

O louvor das criaturas

Obras do Senhor, bendizei o Senhor, *
louvai-O e exaltai-O para sempre.
Céus, bendizei o Senhor, *
Anjos do Senhor, bendizei o Senhor.
Águas que estais sobre os céus, bendizei o Senhor, *
poderes do Senhor, bendizei o Senhor.
Sol e lua, bendizei o Senhor, *
estrelas do céu, bendizei o Senhor.
Chuvas e orvalhos, bendizei o Senhor, *
todos os ventos, bendizei o Senhor.
Fogo e calor, bendizei o Senhor, *
frio e geada, bendizei o Senhor.
Orvalhos e gelos, bendizei o Senhor, *
frios e aragens, bendizei o Senhor.
Gelos e neves, bendizei o Senhor, *
noites e dias, bendizei o Senhor.
Luz e trevas, bendizei o Senhor, *
relâmpagos e nuvens, bendizei o Senhor.

Bendiga a terra o Senhor, *
louve-O e exalte-O para sempre.
Montes e colinas, bendizei o Senhor, *
tudo o que germina na terra bendiga o Senhor.
Fontes, bendizei o Senhor, *
mares e rios, bendizei o Senhor.
Monstros e animais marinhos, bendizei o Senhor, *
aves do céu, bendizei o Senhor.
Animais e rebanhos, bendizei o Senhor, *
homens, bendizei o Senhor.

Bendiga Israel o Senhor, *
louve-O e exalte-O para sempre.
Sacerdotes do Senhor, bendizei o Senhor, *
servos do Senhor, bendizei o Senhor.
Espíritos e almas dos justos, bendizei o Senhor, *
santos e humildes de coração, bendizei o Senhor.
Ananias, Azarias, Misael, bendizei o Senhor, *
louvai-O e exaltai-O para sempre.

Bendigamos o Pai, o Filho e o Espírito Santo; *
louvemo-l’O e exaltemo-l’O para sempre.
Bendito sejais, Senhor, no firmamento dos céus, *
aVós o louvor e a glória para sempre.


Laudes de hoje
.
.

17 de setembro de 2011

Oração pela catequese

.
.



Senhor,
hoje recomeça a catequese na nossa paróquia, e provavelmente em muitas paróquias.
Nós te pedimos, Senhor, que derrames abundantemente o Espírito Santo, sobre catequizandos e catequistas, para que unidos no amor, encontrem e façam encontrar, (pela graça de Deus), o Caminho, a Verdade e a Vida.
Humildemente colocamo-nos nas Tuas mãos, entregues ao teu amor.
Amen.
.
.

16 de setembro de 2011

S. CORNÉLIO, papa, e S. CIPRIANO, bispo, mártires




Memória

Cornélio foi ordenado bispo da Igreja de Roma no ano 251. Teve de combater o cisma dos Novacianos e, com a ajuda de S. Cipriano, conseguiu consolidar a sua autoridade. Foi desterrado pelo imperador Gallo e morreu no exílio, perto de Civitavecchia, no ano 253. O seu corpo foi trasladado para Roma e sepultado no cemitério de Calixto.

Cipriano nasceu em Cartago cerca do ano 210, de uma família pagã. Tendo-se convertido à fé e ordenado sacerdote, foi eleito bispo daquela cidade no ano 249. Em tempos muito difíceis, governou sabiamente, com suas obras e escritos, a Igreja que lhe foi confiada. Na perseguição de Valeriano, sofreu primeiramente o exílio e depois o martírio no dia 14 de Setembro do ano 258.


Oração

Senhor, que destes ao vosso povo, em São Cornélio e São Cipriano, pastores dedicados e mártires invencíveis, concedei-nos, por sua intercessão, que, fortalecidos pela fé, trabalhemos incansavelmente pela unidade da Igreja. Por Nosso Senhor.


Laudes de hoje
.
.

15 de setembro de 2011

NOSSA SENHORA DAS DORES

.
.


Hino

Maria, fonte de amor,
Fazei que, na vossa dor,
Convosco eu chore também.

Fazei que o meu coração
Seja todo gratidão
A Cristo, de quem sois Mãe.

Do vosso olhar vem a luz
Que me leva a ver Jesus
Na sua imensa agonia.

Convosco, ó Virgem, partilho
Das penas do vosso Filho,
Em quem minha alma confia.

Mãos postas, à vossa beira,
Saiba eu, a vida inteira,
Guiar por Vós os meus passos.

E quando a morte vier,
Eu me sinta adormecer
No calor dos vossos braços.


Salmodia
Salmos e cântico do Domingo I.

Ant. 1 A minha alma está unida a Vós, Senhor Jesus.
Ant. 2 Alegrai-vos, na medida em que participais nos sofrimentos de Cristo.
Ant. 3 Deus quis reconciliar consigo todas as coisas pelo Sangue de Cristo.


Leitura breve                                                                                                                       Col 1, 24-25

Agora alegro-me com os sofrimentos que suporto por vós e completo na minha carne o que falta à paixão de Cristo, em benefício do seu Corpo que é a Igreja. Dela me tornei ministro, em virtude do cargo que Deus me confiou a vosso respeito: anunciar em plenitude a palavra de Deus.


Responsório breve

V. Por Vós, ó Virgem Maria, esperamos a salvação.
R. Por Vós, ó Virgem Maria, esperamos a salvação.
V. Das Chagas de Cristo.
R. Esperamos a salvação.
V. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
R. Por Vós, ó Virgem Maria, esperamos a salvação.


Ant. Bened.

Alegrai-Vos, Mãe dolorosa, que depois de tantos sofrimentos viveis para sempre com vosso Filho, na glória do Céu, como Rainha do universo.


Preces

Elevemos as nossas súplicas ao Salvador, que Se dignou nascer da Virgem Maria, e digamos confiadamente:

Vossa Mãe, Senhor, interceda por nós.

Ó Sol de justiça, a quem a Virgem Maria precedeu como aurora resplandecente,
— fazei que vivamos sempre na claridade da vossa luz.

Verbo eterno do Pai, que escolhestes Maria como arca incorruptível da vossa morada,
— livrai-nos de toda a corrupção do pecado.

Salvador do mundo, que tivestes vossa Mãe junto à cruz,
— concedei-nos, por sua intercessão, a graça de participar generosamente nos vossos sofrimentos.

Senhor Jesus Cristo, que, suspenso da cruz, destes a João, Maria por Mãe,
— fazei que vivamos também como seus filhos.


Pai Nosso


Oração

Senhor, que, na vossa admirável providência, quisestes que, junto do vosso Filho, elevado sobre a cruz, estivesse sua Mãe, participando nos seus sofrimentos, concedei à vossa Igreja que, associada com Maria à paixão de Cristo, mereça ter parte na sua ressurreição. Por Nosso Senhor.



Laudes de hoje
.
.

14 de setembro de 2011

EXALTAÇÃO DA SANTA CRUZ

.
.




Hino

O estandarte da Cruz proclama ao mundo
A morte de Jesus e a sua glória,
Porque o Autor de todo o universo
Contemplamos suspenso no madeiro.

Ó árvore fecunda e refulgente,
Ornada com a túnica real,
Sois tálamo, sois trono e sois altar
Para o Corpo chagado e glorioso.

Ó Cruz bendita, só tu nos abriste
Os braços de Jesus, o Redentor,
Balança do resgate que arrancaste
Nossas almas das mãos do inimigo.

Cruz do Senhor, és única esperança
No tempo desta vida peregrina.
Aumenta nos cristãos a luz da fé,
Sê para os homens o sinal da paz.


Salmodia
Salmos e cântico do Domingo I.

Ant. 1 Morreu na santa cruz e venceu o inferno; revestiu-Se de poder e ressuscitou ao terceiro dia.

Ant. 2 Resplandece a cruz bendita, em que foi suspenso o Corpo do Senhor: nela foi derramado o Sangue de Cristo que sarou as nossas chagas.

Ant. 3 Como brilha a santa cruz, que restituiu ao mundo a salvação! A cruz reina, a cruz nos livra de todo o pecado. Aleluia.


Leitura breve                                                                                                           Hebr 2, 9-10

Vemos Jesus coroado de glória e de honra por causa da morte que sofreu, pois era necessário que, pela graça de Deus, experimentasse a morte em proveito de todos. Convinha, na verdade, que Deus, origem e fim de todas as coisas, querendo conduzir para a sua glória um grande número de filhos, levasse à glória perfeita, pelo sofrimento, o Autor da salvação.


Responsório breve

V. Nós Vos adoramos e bendizemos, Senhor Jesus Cristo.
R. Nós Vos adoramos e bendizemos, Senhor Jesus Cristo.
V. Que pela vossa santa cruz remistes o mundo.
R. Nós Vos adoramos e bendizemos, Senhor Jesus Cristo.
V. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
R. Nós Vos adoramos e bendizemos, Senhor Jesus Cristo.


Ant. Bened.

Adoramos, Senhor, a vossa santa cruz; louvamos e glorificamos a vossa ressurreição. Pela cruz veio a alegria ao mundo inteiro.


Preces

Invoquemos o nosso Redentor, que nos remiu pela sua cruz, e digamos confiadamente:

Pela vossa cruz, salvai-nos, Senhor.

Filho de Deus, que pelo sinal da serpente de bronze curastes o povo de Israel,
— protegei-nos neste dia da mordedura do pecado.

Filho do homem, que fostes exaltado na cruz como a serpente foi levantada por Moisés no deserto,
— exaltai-nos na glória do vosso reino.

Filho Unigénito do Pai, que fostes entregue à morte para que todo aquele que acredita em Vós não pereça,
— concedei a vida eterna aos que procuram o vosso rosto.

Filho bem-amado do Pai, que fostes enviado ao mundo, não para o condenar mas para o salvar,
— concedei o dom da fé aos nossos parentes e amigos, para que alcancem a salvação.

Filho do eterno Pai, que viestes trazer o fogo à terra para que se acendesse no mundo inteiro,
— fazei que, praticando a verdade, nos aproximemos da luz.


Pai nosso


Oração

Senhor, que, na vossa infinita misericórdia, quisestes que vosso Filho sofresse o suplício da cruz para salvar o género humano, concedei que, tendo conhecido na terra o mistério de Cristo, mereçamos alcançar no Céu os frutos da redenção. Por Nosso Senhor.



Laudes de hoje
.
.

13 de setembro de 2011

Rezando o Evangelho de hoje

.
.




Evangelho segundo S. Lucas 7,11-17.

Naquele tempo, dirigia-Se Jesus para uma cidade chamada Naim, indo com Ele os seus discípulos e uma grande multidão.
Quando estavam perto da porta da cidade, viram que levavam um defunto a sepultar, filho único de sua mãe, que era viúva; e, a acompanhá-la, vinha muita gente da cidade.
Vendo-a, o Senhor compadeceu-se dela e disse-lhe: «Não chores.»
Aproximando-se, tocou no caixão, e os que o transportavam pararam. Disse então: «Jovem, Eu te ordeno: Levanta-te!»
O morto sentou-se e começou a falar. E Jesus entregou-o à sua mãe.
O temor apoderou-se de todos, e davam glória a Deus, dizendo: «Surgiu entre nós um grande profeta e Deus visitou o seu povo!»
E a fama deste milagre espalhou-se pela Judeia e por toda a região.



«Jovem, Eu te ordeno: Levanta-te!»

Senhor,
esta é uma ordem que dás a cada um de nós, que se deixa “adormecer” nas coisas do mundo, e não vive para as coisas do Alto.
Ajuda-nos, Senhor, ensina-nos, a não nos deixarmos “adormecer” nas rotinas de uma prática religiosa, mais por obrigação do que por amor.
Que saibamos procurar em cada momento a vida nova que Tu nos dás, para alcançarmos, por Tua graça, a vida eterna que nos prometeste.
Amen.
.
.

12 de setembro de 2011

Rezando o Evangelho de hoje

.
.



Evangelho segundo S. Lucas 7,1-10.

Naquele tempo, quando Jesus acabou de falar ao povo, entrou em Cafarnaúm.
Ora um centurião tinha um servo a quem dedicava muita afeição e que estava doente, quase a morrer.
Ouvindo falar de Jesus, enviou-lhe alguns judeus de relevo para lhe pedir que viesse salvar-lhe o servo.
Chegados junto de Jesus, suplicaram-lhe insistentemente: «Ele merece que lhe faças isso,
pois ama o nosso povo e foi ele quem nos construiu a sinagoga.»
Jesus acompanhou-os. Não estavam já longe da casa, quando o centurião lhe mandou dizer por uns amigos: «Não te incomodes, Senhor, pois não sou digno de que entres debaixo do meu tecto, pelo que nem me julguei digno de ir tercontigo. Mas diz uma só palavra e o meu servo será curado.
Porque também eu tenho os meus superiores a quem devo obediência e soldados sob as minhas ordens, e digo a um: 'Vai', e ele vai; e a outro: 'Vem', e ele vem; e ao meu servo: 'Faz isto', e ele faz.»
Ouvindo estas palavras, Jesus sentiu admiração por ele e disse à multidão que o seguia: «Digo-vos: nem em Israel encontrei tão grande fé.»
E, de regresso a casa, os enviados encontraram o servo de perfeita saúde.


Senhor,
obrigado porque ouves as nossas súplicas.

Ensina-nos e ajuda-nos a sermos verdadeiros intecessores pelos outros, a sermos a força e a palavra daqueles que já não têm forças, junto de Ti.
Amen.
.
.

8 de setembro de 2011

NATIVIDADE DA VIRGEM SANTA MARIA


.
.


Hino

Nasceu a Virgem Maria,
Como promessa de Deus,
Como nasce a luz do dia,
Que inunda a terra e os céus.

Vem cumprir a profecia
Deste mistério profundo:
Era nela que nascia
A Mãe de Deus sobre o mundo.

Em Nazaré, pobre aldeia,

De gentes simples, obscuras,
Foi como se a Lua Cheia
Enchesse de ouro as alturas.

Louvor a Deus uno e trino,
Porque em Maria nos deu,
Em lugar tão pequenino,
Toda a grandeza do Céu.



Salmos e cântico do Domingo I.

Ant. 1 Hoje é o nascimento da gloriosa Virgem Maria, descendente de Abraão, da tribo de Judá, da nobre família de David.

Ant. 2 O nascimento da Santíssima Virgem Maria iluminou o mundo inteiro. Geração gloriosa, raiz santa, bendito o seu fruto!

Ant. 3 Celebremos com alegria o nascimento da Virgem Santa Maria, para que interceda por nós diante de Nosso Senhor Jesus Cristo.



Leitura breve Is 11, 1-3

Sairá um ramo do tronco de Jessé e um rebento brotará das suas raízes. Sobre ele repousará o Espírito do Senhor: Espírito de sabedoria e de inteligência, Espírito de conselho e de fortaleza, Espírito de ciência, de piedade e de temor de Deus.



Responsório breve

V. O Senhor a escolheu e a predestinou.
R. O Senhor a escolheu e a predestinou.
V. Deus fê-la morar no seu templo santo. R.
V. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. R.



Ant. Bened.

O vosso nascimento, ó Virgem Mãe de Deus, anunciou a alegria ao mundo inteiro: de Vós nasceu o Sol de justiça, Cristo, nosso Deus, que destruiu a maldição e nos trouxe a bênção, e, triunfando sobre a morte, nos deu a vida eterna.



Oração

Dai, Senhor, aos vossos servos o dom da graça celeste e fazei que a festa do nascimento da bem-aventurada Virgem Maria, cuja maternidade divina foi o princípio da nossa salvação, aumente em nós a unidade e a paz. Por Nosso Senhor.


Laudes de hoje
.
.

5 de setembro de 2011

BeataTeresa de Calcutá, religiosa,

.
.


Agnes Gonxha Bojaxhiu nome de baptismo da que ficou mundialmente conhecida por Madre Teresa de Calcutá, nasceu na Albânia (então Macedónia) e tornou-se cidadã indiana, em 1948. Prémio Nobel da Paz em 1979.
Oriunda de uma família católica, aos doze anos já estava determinada a ser missionária. Começou por fazer votos na congregação das Irmãs de Nossa Senhora do Loreto, aos 18 anos, na Irlanda, onde viveu.
A sua vida na Índia começou como professora. Só ao fim de dez anos sentiu necessidade de criar a congregação das Irmãs da Caridade e dedicar a sua longa vida aos pobres abandonados e mais desprotegidos de Calcutá.
Entre as suas prioridades estava matar a fome e ensinar a ler aos "mais pobres entre os pobres", bem como a leprosos, portadores de SIDA e mulheres abandonadas.
Depois do Prémio Nobel, em 1979, passou a ser muito conhecida e as Irmãs da Caridade estão em centenas de países do Mundo.
O seu exemplo de dedicação sem temer contrair doenças contagiosas, a sua vida exemplar, sempre na sua fé católica deram-lhe, em vida, a certeza de que era santa.


Oração à Beata Teresa de Calcutá
 
Beata Teresa de Calcutá, no teu desejo fervoroso de amar Jesus como ele nunca foi amado antes, tu te doaste totalmente a Ele, sem jamais negar-lhe nada. Em união com o coração Imaculado de Maria, tu aceitaste a chamada para saciar a sua infinita sede de amor e de almas e tornaste-te portadora do Seu amor aos pobres entre os pobres. Com amorosa confiança e total abandono tu cumpriste a Sua vontade, testemunhando a alegria de pertencer totalmente a Ele. Tu te tornaste tão intimamente unida a jesus, o teu Esposo crucificado, que Ele, levantando sobre a cruz, se dignou em condividir contigo a agonia do Seu Coração.
Beata Teresa, tu que prometeste levar continuamente a luz do amor àqueles que estão sobre a terra, roga a Deus afim que também nós desejemos saciar a sede ardente de Jesus com um amor apaixonado, condividindo com alegria os Seus sofrimentos, e servindo-O com todo coração nos nossos irmãos e irmãs, especialmente naqueles que, mais do que todos, são "não amados" e "não queridos".
Amen.
.
.

2 de setembro de 2011

Não tenho tempo, Senhor!

.
.



Senhor,
não tenho tempo, (penso eu, correndo de um lado para o outro), para estar contigo, pois o trabalho e os muitos afazeres do mundo, chamam por mim.

Assim que eu arranjar um pouco de tempo, falo contigo, Senhor, e dou-te atenção.

O quê? O que é que me estás a dizer?
Que eu não me preocupe, porque Tu tens todo o tempo da vida para mim!

Perdoa, Senhor, porque faço do tempo coisa minha, quando afinal todo o tempo Te pertence.

Afinal paro um pouco, e fico assim, sentado, atento, a escutar-te.

Não me queres dizer nada, pois não Senhor?
Mas apenas amar-me de tal modo, que eu não possa viver sem o teu amor.

E eu quero amar-Te assim, Senhor.

Amen.
.
.

1 de setembro de 2011

S. BEATRIZ DA SILVA, virgem

.
.



Memória

Filha de pais portugueses, nasceu em Ceuta (África Setentrional) por volta de 1426. Ainda jovem, veio para Campo Maior (Portugal) e daqui passou à corte de Castela em 1447 como dama de honor da Infanta D. Isabel de Portugal. Para se poder dedicar a uma vida cristã mais perfeita, retirou-se da corte para um mosteiro de Toledo, onde permaneceu mais de 30 anos. Em 1484 fundou o Instituto que mais tarde tomou o título da Imaculada Conceição de Nossa Senhora (Concepcionistas) e que foi aprovado pelo papa Inocêncio VIII em 1489. Pouco depois de fazer profissão religiosa, faleceu com fama de santidade. Foi canonizada por Paulo VI a 3 de Outubro de 1976.


Hino

Santa Beatriz ouviu
O apelo do Senhor;
Virgem fiel, atingiu
A perfeição do amor.

Pela pedra preciosa
Da graça que a seduzia,
Trocou a vida faustosa
Com que o mundo lhe sorria.

Diligente desprezou
Os palácios e a vaidade;
E toda se abandonou
À vida de santidade.

Enquanto o mundo a tomava
Por uma pobre infeliz,
Ela em Cristo realizava
O seu nome “Beatriz”.

Pobre, com fome e com frio,
No convento se escondeu
E foi, no mundo sombrio,
Uma presença do Céu.
A Deus Pai todo o louvor,
No Espírito que nos guia,
E a Jesus Salvador,
Filho da Virgem Maria.


Ant. Bened.

Santa Virgem Beatriz, esposa de Cristo, mãe e mestra de muitas virgens, que já viveis para sempre na companhia do Esposo celeste, intercedei por nós ao Senhor, para que Se digne dirigir os nossos passos no caminho da paz e da santidade.


Oração

Senhor nosso Deus, que fizestes resplandecer na virgem Santa Beatriz o altíssimo dom da contemplação e a adornastes com a singular devoção à Imaculada Conceição da Virgem Maria, concedei-nos que, seguindo o seu exemplo, busquemos na terra a verdadeira sabedoria, para merecermos contemplar no Céu a glória do vosso rosto. Por Nosso Senhor.



Laudes de hoje
.
.