31 de outubro de 2011

ORAÇÃO NA SECURA

.
.


Senhor,
hoje atinge-me um certo cansaço, um pouco de secura, uma falta de vontade.
E mesmo assim, Senhor, decidi orar, escrevendo o que vou sentindo.
Sabes, Senhor, por vezes parece-me viver uma rotina, um modo sempre igual e desconcentrado de estar contigo.
Como pode ser possível, Senhor, que possa assim “desdenhar” da Tua presença no meio de nós e em nós.
É que não me alegrar e exultar, com a Tua presença, Senhor, é desvalorizar tudo o que fizeste e fazes por mim, por todos.
Por vezes as trevas são intensas, Senhor, e parecem gritar-me aos ouvidos: não vale a pena, nada vale a pena!
Mas não é verdade, Senhor, pois não?
Tu estás aqui, Tu estás connosco, Tu estás comigo, não é verdade, Senhor?
Em Ti, tudo vale a pena, até a escuridão, a qual rompes com a Tua Luz.
Até o cansaço, que Tu revestes da Tua esperança.
Até a rotina, que Tu fazes sempre nova, com o Teu eterno amor.
É sempre assim, Senhor, quando abrimos o coração à oração, Tu vens, e de mansinho acalmas os nossos receios, iluminas as nossas sombras, matas a sede à secura, e fazes novo o que era velho.
Obrigado, Senhor, porque já sorrio no Teu amor.
Amen.
.
.

28 de outubro de 2011

S. SIMÃO e S. JUDAS, Apóstolos

.
.



Festa

O nome de Simão figura em undécimo lugar na lista dos Apóstolos. Dele se sabe apenas que nasceu em Caná e que tinha o denominativo de «Zelotes».
Judas, de sobrenome Tadeu, é o Apóstolo que na última Ceia perguntou ao Senhor por que razão Se manifestava aos seus discípulos e não ao mundo (Jo 14, 22).


Hino

São Simão e São Judas reuniram
Seu nome e vocação com laço forte:
Juntou-os o Senhor, que eles seguiram
Até à morte.

Ambos, junto do mar e nas colinas,
Escutaram a voz do Salvador,
Do Cristo das Parábolas Divinas,
Mestre e Pastor.

Ambos pregaram, derramando luz,
Sem receio de pedras e de espinhos:
Lutaram de olhos fixos em Jesus,
Nos seus caminhos.

Ao Pai, suma verdade e resplendor,
Ao Filho, Rei dos tempos e da história,
E ao sempiterno Espírito de amor,
Louvor e glória.


Oração

Deus de infinita misericórdia, que nos fizestes chegar ao conhecimento do vosso nome por meio dos bem-aventurados Apóstolos, concedei-nos, por intercessão de São Simão e São Judas, que a vossa Igreja cresça continuamente com a conversão dos povos ao Evangelho. Por Nosso Senhor.


Das Laudes de hoje.
.
.

27 de outubro de 2011

B. GONÇALO DE LAGOS, presbítero

.
.



Nasceu em Lagos (Portugal), no ano 1360; partiu para Lisboa, ainda jovem, com o intuito de ingressar num instituto religioso e tomou o hábito na Ordem dos Eremitas de S. Agostinho. Renunciou, por humildade, a doutorar-se em Teologia. Foi prior em vários conventos da sua Ordem. Morreu em Torres Vedras no dia 15 de Outubro de 1422.


Oração

Deus, fonte de todas as virtudes, que tornastes admirável o bem-aventurado Gonçalo de Lagos na humildade de espírito, pureza de costumes e singular caridade, concedei-nos que, imitando na terra os seus exemplos, mereçamos com ele ser coroados no Céu. Por Nosso Senhor.
.
.

26 de outubro de 2011

HINO

.
.



Hino

Vós que sois Senhor do tempo,
Deus fiel e sem mudança:
Morre o dia, vem a noite,
Guardai-nos todos unidos.

Concedei vida sem fim
E uma velhice sem trevas;
No dia da vossa vinda,
Brilhe em nós a eterna glória.

Ouvi-nos, Omnipotente,
Por Jesus, Filho Unigénito,
Que reina com o vosso Espírito,
Agora e por todo o sempre.



Das Vésperas de hoje, Quarta-Feira II
.
.

25 de outubro de 2011

Santo António de Sant'Ana Galvão, religioso brasileiro, +1822

.
.



Nascido em Guaratinguetá, em 1739, de uma família de muitas posses, descendia dos primeiros povoadores da Capitania e corria em suas veias sangue de bandeirantes. Foi ele próprio chamado "Bandeirante de Cristo", porque tinha na alma a grandeza, o arrojo e fortaleza de um verdadeiro bandeirante. Renunciou a uma brilhante situação no mundo e ingressou na Ordem franciscana. Fundou, em 1774, juntamente com Madre Helena Maria do Espírito Santo, o Mosteiro concepcionista de Nossa Senhora da Luz, na cidade de São Paulo. Não somente formou e conduziu nas vias da espiritualidade franciscana e concepcionista as religiosas desse mosteiro, mas também o edificou materialmente, ao longo de quase 50 anos de esforços contínuos. Foi o arquitecto, o engenheiro, o mestre de obras e muitas vezes o operário da sua edificação, que somente se tornou possível porque ele incansavelmente pedia, ao povo fiel, esmolas para a magnífica construção. Entregou sua alma a Deus em 1822 e foi beatificado em 1998. Até hoje sua sepultura, na capela do mosteiro, é visitada por multidões que acorrem a pedir-lhe graças e milagres, e também à procura das famosas e prodigiosas "pílulas de Frei Galvão".

A origem dessas pílulas é contada num folheto distribuído no próprio mosteiro: "Certo dia, Frei Galvão foi procurado por um senhor muito aflito, porque sua mulher estava em trabalho de parto e em perigo de perder a vida. Frei Galvão escreveu em três papelinhos o versículo do Ofício da Santíssima Virgem: «Post partum Virgo Inviolata permansisti: Dei Genitrix intercede pro nobis (Depois do parto, ó Virgem, permanecestes intacta: Mãe de Deus, intercedei por nós)». Deu-os ao homem, que por sua vez os levou à esposa. Apenas a mulher ingeriu os papelinhos, que Frei Galvão enrolara como uma pílula, a criança nasceu normalmente. Caso idêntico deu-se com um jovem que se torcia com dores provocadas por cálculos visicais. Frei Galvão fez outras pílulas semelhantes e deu-as ao moço. Após ingerir os papelinhos, o jovem expeliu os cálculos e ficou curado. Esta foi a origem dos milagrosos papelinhos, que, desde então, foram muito procurados pelos devotos de Frei Galvão, e até hoje o Mosteiro fornece para as pessoas que têm fé na intercessão do Servo de Deus".
Canonizado por Bento XVI no dia 11 de Maio de 2007.



Oração
Santíssima Trindade,
Pai, Filho e Espírito Santo,
eu Vos adoro, louvo e Vos dou graças
pelos benefícios que me fizestes.
Peço-vos, por tudo o que fez e sofreu vosso
Servo Santo Antônio de Sant'Anna Galvão,
que aumenteis em mim a fé, a esperança e a caridade,
e Vos digneis conceder-me
a graça que ardentemente desejo.
Amém.



Fontes: Evangelho Quotidiano e Santos do Brasil.
.
.

24 de outubro de 2011

HINO

.
.


HINO

Ó Sol nascente,
Que Vos ergueis por sobre nós, mortais,
Iluminando os cegos de nascença
Na luz do vosso rosto:
Vinde, Jesus,
Estrela da manhã!
Cantamos vossa Vinda gloriosa.

Pascal Cordeiro,
Que em vosso Sangue resgatais do exílio,
Reconduzindo as almas desgarradas
À Terra Prometida:
Vinde, Jesus,
Pastor das águas vivas!
Cantamos vossa Vinda gloriosa.

De Deus bendito,
Em quem o Pai Eterno Se compraz:
Vós nos viestes baptizar, morrendo
Por todos nós, outrora.
Vinde, Jesus,
Divino Rei dos Justos!
Cantamos vossa Vinda gloriosa.

Rochedo novo,
Donde dimana a vida como um rio:
Vós nos viestes saciar a sede,
Abrindo o Coração.
Vinde, Jesus,
Divina Fonte clara!
Cantamos vossa Vinda gloriosa.



Das Laudes de hoje, Segunda-Feira II
.
.

22 de outubro de 2011

Beato João Paulo II

.
.



Oração


Ó Deus, rico de misericórdia,
que escolhestes o beato João Paulo II
para governar a Vossa Igreja como papa,
concedei-nos que, instruídos pelos seus ensinamentos,
possamos abrir confiadamente os nossos corações
à graça salvífica de Cristo, único Redentor do homem.
Ele que convosco vive e reina,
na unidade do Espírito Santo,
por todos os séculos dos séculos.



Fonte: Site do Vaticano.
.
.

21 de outubro de 2011

HINO

.
.




Hino

Ó Esplendor da glória,
Ó Luz de toda a luz,
Que encheis a terra inteira
Da claridade excelsa,

Sol verdadeiro e augusto
De eterno brilho, vinde
E derramai em nós
Todo o fulgor do Espírito.

A nossa voz ergamos
Em oração ao Pai,
Fonte da vida eterna
Que nos redime e salva;

E nos confirme os actos
De paz e bem, guiando
Pelos caminhos rectos
Todos os nossos passos;

Cristo nos seja sempre
O pão de cada dia;
A fé nos mate a sede;
O Espírito em nós viva.

Transcorra alegre o dia.
A castidade seja
Como a formosa aurora,
E a fé não tenha ocaso.

Glória a Deus Pai Eterno
E glória ao Filho único,
Unidos no Paráclito,
Agora e para sempre.



Hino das Laudes de hoje, Sexta-Feira I
.
.

20 de outubro de 2011

Rezando o Evangelho de hoje

.
.



Lucas 12,49-53.
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Eu vim lançar fogo sobre a terra; e como gostaria que ele já se tivesse ateado!
Tenho de receber um baptismo, e que angústias as minhas até que ele se realize!
Julgais que Eu vim estabelecer a paz na Terra? Não, Eu vo-lo digo, mas antes a divisão.
Porque, daqui por diante, estarão cinco divididos numa só casa: três contra dois e dois contra três; vão dividir-se: o pai contra o filho e o filho contra o pai, a mãe contra a filha e a filha contra a mãe, a sogra contra a nora e a nora contra a sogra.»



Comentário ao Evangelho do dia feito por

Santa Faustina Kowalska (1905-1938), religiosa
Pequeno diário, 1411

«Lançar fogo sobre a terra»: o dom do Espírito Santo (Act 2,3)

Ó Espírito de Deus, espírito de verdade e de luz,
Permanece constantemente na minha alma pela Tua graça divina.
Que o Teu sopro dissipe as trevas
E que na Tua luz as boas acções se multipliquem.

Ó Espírito de Deus, Espírito de amor e de misericórdia,
Que derramas no meu coração o bálsamo da confiança,
A Tua graça confirme a minha alma no bem,
Dando-lhe uma força invencível: a constância!

Ó Espírito de Deus, Espírito de paz e de alegria,
Que reconfortas o meu coração sedento,
Que derramas nele a fonte viva do amor divino,
E o tornas intrépido na luta.

Ó Espírito de Deus, ó mais amoroso hóspede da minha alma,
Eu desejo, por meu lado, ser-Te fiel,
Tanto nos dias de felicidade como nas horas de sofrimento;
Desejo, Espírito de Deus, viver sempre na tua presença.

Ó Espírito de Deus, que impregnas o meu ser
E me fazes conhecer a Tua vida divina e trinitária,
Tu me inicias no Teu Ser divino;
Unida assim a Ti, tenho a vida eterna.


.
.

19 de outubro de 2011

Senhor!

Se olho à minha volta
só vejo desgosto.
Pelas estradas e passeios
quantas pessoas suspiram
caminhando com dificuldade.
Achas que me esconda num beco
para me sentir seguro?...
Não! Penso que é melhor
enfrentar este mundo.

Senhor,
dá-nos
um pouco de esperança.

(Ângela TOIGO, Um rato fala com Deus)

Rezando o Evangelho de hoje

.
.




Lucas 12,39-48.
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Ficai a sabê-lo bem: se o dono da casa soubesse a que hora viria o ladrão, não teria deixado arrombar a sua casa. Estai preparados, vós também, porque o Filho do Homem chegará na hora em que menos pensais.»
Pedro disse-lhe: «Senhor, é para nós que dizes essa parábola, ou é para todos igualmente?»
O Senhor respondeu: «Quem será, pois, o administrador fiel e prudente a quem o senhor pôs à frente do seu pessoal para lhe dar, a seu tempo, a ração de trigo?
Feliz o servo a quem o senhor, quando vier, encontrar procedendo assim.
Em verdade vos digo que o porá à frente de todos os seus bens.
Mas, se aquele administrador disser consigo mesmo: 'O meu senhor tarda em vir' e começar a espancar servos e servas, a comer, a beber e a embriagar-se, o senhor daquele servo chegará no dia em que ele menos espera e a uma hora que ele não sabe; então, pô-lo-á de parte, fazendo o partilhar da sorte dos infiéis.
O servo que, conhecendo a vontade do seu senhor, não se preparou e não agiu conforme os seus desejos, será castigado com muitos açoites.
Aquele, porém, que, sem a conhecer, fez coisas dignas de açoites, apenas receberá alguns. A quem muito foi dado, muito será exigido; e a quem muito foi confiado, muito será pedido.»



Senhor,
andam tantos por aí apregoando que é hoje, que é amanhã, que é depois, e afinal não dizem o mais importante, que é preciso estarmos preparados em todo e qualquer momento.
Porque, Senhor, se estivermos em comunhão contigo, (Tu estás sempre em comunhão connosco), o que nos interessa o dia, a hora, o momento?
Contigo, todos os momentos são bons e abençoados.
Amen.
.
.

17 de outubro de 2011

S. INÁCIO DE ANTIOQUIA, bispo e mártir

.
.



Memória

Inácio foi o sucessor de Pedro no governo da Igreja de Antioquia. Condenado às feras, foi conduzido a Roma e aí, no tempo do imperador Trajano, recebeu a gloriosa coroa do martírio, no ano 107. Durante a viagem escreveu sete cartas a várias Igrejas, nas quais se refere, com profunda sabedoria e erudição, a Cristo, à organização da Igreja e aos princípios fundamentais da vida cristã. A sua memória era celebrada neste dia, já no século IV, em Antioquia.


Ant. Bened.

Procuro Aquele que por nós morreu, quero estar com Aquele que para nós ressuscitou.


Oração

Deus eterno e omnipotente, que pelo testemunho dos santos Mártires honrais todo o corpo da Igreja, concedei que o glorioso martírio de Santo Inácio de Antioquia que hoje celebramos, assim como mereceu para ele a glória eterna, seja também para nós um auxílio permanente. Por Nosso Senhor.



Das Laudes de hoje
.
.

15 de outubro de 2011

S. TERESA DE JESUS, virgem e doutora da Igreja

.
.



Memória

Nasceu em Ávila (Espanha) no ano 1515. Tendo entrado na Ordem das Carmelitas, fez grandes progressos no caminho da perfeição e teve revelações místicas. Ao empreender a reforma da sua Ordem teve de sofrer muitas tribulações, mas tudo suportou com coragem invencível. A doutrina profunda que escreveu nos seus livros é fruto das suas experiências místicas. Morreu em Alba de Tormes (Salamanca) no ano de 1582.


Hino

Santa Teresa, apóstola de Deus:
Abandonando o lar de vossos pais,
Arrebatada pela luz dos Céus,
Jamais deixastes essa luz, jamais.

Tanto amastes a Cristo em vossa vida,
Que até na dor achastes só doçura:
A doçura de vítima escondida
No fecundo silêncio da clausura.

Génio da pena em poemas de doutrina,
Foi-vos a morte um êxtase de aurora.
Dormís em Alba. A vossos pés se inclina
O mundo inteiro, ó mística Doutora.

Fizestes do Carmelo um roseiral,
Donde subistes aos jardins celestes,
Para o eterno banquete nupcial
Com o Divino Esposo que escolhestes.


Oração

Senhor, que, por meio de Santa Teresa de Jesus, inspirada pelo Espírito Santo, manifestastes à vossa Igreja o caminho da perfeição, concedei-nos a graça de encontrar alimento na sua doutrina espiritual e de nos inflamarmos no desejo da verdadeira santidade. Por Nosso Senhor.



Das Laudes de hoje.
.
.

13 de outubro de 2011

Beata Alexandrina Maria da Costa

.
.



Oração

Trindade Santíssima, fonte de toda a santidade, adoro-Vos profundamente e agradeço-Vos as virtudes que fizestes refulgir no coração da vossa serva Alexandrina.
Fazei que eu saiba imitar o seu zelo ardente pela vossa glória, infundi no meu coração horror ao pecado, amor ardente à Sagrada Eucaristia, e vivo espírito de oração.
Glorificai já a vossa serva e concedei-me, por sua intercessão, a graça que ardentemente desejo (indicar aqui a graça desejada).
Glorificai-a pelo Coração Doloroso de Maria, que ela tão ardentemente amou.
Amen.
.
.

12 de outubro de 2011

Troquemos o instante pelo eterno

Troquemos o instante pelo eterno
Sigamos o caminho de Jesus.
A primavera vem depois do inverno;
A alegria virá depois da Cruz!

Passa o tempo, e, com ele, as nossas vidas;
Tal como passa o bem, passa a desgraça.
Passam todas as coisas conhecidas...
Só o Nome de Deus é que não passa.

Farei da fé, vivida cada dia,
A luz interior que me conduz
À luz de Deus, da paz e da alegria,
À luz da glória, à Luz da Luz!

Hino de Hora Intermédia, da Liturgia das Horas

Oração atribuida a São Bruno

Tu, que és meu Senhor,
Tu, cuja vontade prefere à minha.
Não me é possível contentar-me com palavras
ao apresentar-te minha oração.
Escuta meu grito que te suplica
como um imenso clamor…

Tu, de quem me constituis servo:
Te rogo-te com insistência,
até merecer atingir teu favor.
Pois não almejo um bem da terra;
não peço mais do que o que devo pedir:
só a Ti…

Tem piedade de mim!
E como imensa é tua misericórdia
e grande meu pecado, tem piedade de mim imensamente
em proporção à tua misericórdia.

Então poderei cantar teus louvores,
contemplando-te, Senhor.
Te bendirei com uma bênção
que perdurará ao longo dos séculos;
te louvarei com o louvor e a contemplação,
neste mundo e no outro,
como Maria, de quem nos diz o Evangelho,
que escolheu a parte melhor.

Amém.

Retirada daqui

NOSSA SENHORA APARECIDA

.
.




Oração

Ó incomparável Senhora da Conceição Aparecida,
Mãe de Deus, Rainha dos Anjos,
Advogada dos pecadores,
refúgio e consolação dos aflitos e atribulados,
Virgem Santíssima,
cheia de poder e de bondade,
lançai sobre nós um olhar favorável,
para que sejamos socorridos por vós,
em todas as necessidades em que nos acharmos.
Lembrai-vos, ó clementíssima Mãe Aparecida,
que nunca se ouviu dizer
que algum daqueles que têm a vós recorrido,
invocado vosso santíssimo nome
e implorado a vossa singular protecção,
fosse por vós abandonado.
Animados com esta confiança,
a vós recorremos.
Tomamo-vos para sempre por nossa Mãe,
nossa protectora, consolação e guia,
esperança e luz na hora da morte.
Livrai-nos de tudo o que possa ofender-vos
e ao vosso Santíssimo Filho, Jesus.
Preservai-nos de todos os perigos
da alma e do corpo;
dirigi-nos em todos os assuntos espirituais e temporais.
Livrai-nos da tentação do demónio,
para que, trilhando o caminho da virtude,
possamos um dia ver-vos e amar-vos
na eterna glória, por todos os séculos dos séculos.
Amen.


Oração retirada de Capela de Santo Isidoro
.
.

11 de outubro de 2011

Rezando o Evangelho de hoje

.
.




Lucas 11,37-41.
Naquele tempo, depois de Jesus ter falado, um fariseu convidou-o para almoçar na sua casa; Jesus entrou e pôs-se à mesa.
O fariseu admirou-se de que Ele não se tivesse lavado antes da refeição.
O Senhor disse-lhe: «Vós, os fariseus, limpais o exterior do copo e do prato, mas o vosso interior está cheio de rapina e de maldade.
Insensatos! Aquele que fez o exterior não fez também o interior?
Antes, dai esmola do que possuís, e para vós tudo ficará limpo.


Senhor,
preocupamo-nos tanto com o nosso aspecto exterior e descuramos tanto a verdade do nosso interior.
Mesmo na vivência da fé que afirmamos professar, quantas vezes tentamos mostrar aos outros virtudes que interiormente não vivemos.
Ajuda-nos e ensina-nos, Senhor, a sermos testemunhas Tuas, para que o nosso exterior reflicta verdadeiramente a Tua presença em nós.
Amen.
.
.

10 de outubro de 2011

Rezando o Evangelho de hoje

.
.
Jonas prega o arrependimento




Lucas 11,29-32.
Naquele tempo, aglomerava-se uma grande multidão à volta de Jesus e Ele começou a dizer: «Esta geração é uma geração perversa; pede um sinal, mas não lhe será dado sinal algum, a não ser o de Jonas.
Pois, assim como Jonas foi um sinal para os ninivitas, assim o será também o Filho do Homem para esta geração.
A rainha do Sul há-de levantar-se, na altura do juízo, contra os homens desta geração e há-de condená-los, porque veio dos confins da terra para ouvir a sabedoria de Salomão; ora, aqui está quem é maior do que Salomão!
Os ninivitas hão-de levantar-se, na altura do juízo, contra esta geração e hão-de condená-la, porque fizeram penitência ao ouvir a pregação de Jonas; ora, aqui está quem é maior do que Jonas.»



Senhor,
passamos as nossas vidas a pedir-Te sinais, porque não os queremos ver no dia-a-dia da Tua presença no meio de nós e em nós.
Destes-nos a Palavra, o Amor, a Verdade, e nós continuamos “distraídos” esperando sinais do mundo.
Não queremos perceber que, o mundo vivido segundo a Tua vontade, é o sinal visível da Tua presença entre nós.
Ensina-nos, Senhor, a vermos com o coração, porque é no amor que os Teus sinais mostram a Tua presença.
Amen.
.
.

7 de outubro de 2011

NOSSA SENHORA DO ROSÁRIO

.
.

Imagem de Nossa Senhora do Rosário
da Paróquia da Marinha Grande



Memória

Esta comemoração foi instituída pelo Papa S. Pio V no aniversário da vitória obtida pelos cristãos na batalha naval de Lepanto e atribuída ao auxílio da Santa Mãe de Deus, invocada com a oração do Rosário (1571). A celebração deste dia é um convite a todos os fiéis para que meditem os mistérios de Cristo, em companhia da Virgem Maria, que foi associada de modo muito especial à encarnação, à paixão e à ressurreição do Filho de Deus.


Hino

Senhora, Rosa das rosas,
Do jardim do Rei dos Céus:
Entre as virgens gloriosas
Sois a Virgem, Mãe de Deus.

Ave, Maria, Senhora!
Por Vós, Cristo veio ao mundo,
Verbo florindo na aurora
Do mistério mais profundo.

Senhora dos olhos tristes,
Estrelas de eterno brilho,
No Calvário, em Vós sentistes
A Paixão do vosso Filho.

Gloriosa estais, Maria,
Com Jesus ressuscitado,
Coroada na alegria
Do triunfo consumado.

Convosco, Nossa Senhora,
Em espírito e verdade,
Louvamos, a toda a hora,
A Santíssima Trindade.


Salmodia
Salmos e cântico do Domingo I.

Ant. 1 De Maria nasceu Jesus, que Se chama Cristo.

Ant. 2 Convosco, Mãe da Igreja, bendizemos o Senhor, que ao morrer nos entregou a Vós como filhos.

Ant. 3 A Virgem Maria foi exaltada sobre os coros dos Anjos: na sua cabeça resplandece uma coroa de doze estrelas.


Leitura breve                                                                                                                 Is 61, 10

Exulto de alegria no Senhor, minha alma rejubila no meu Deus, que me revestiu com as vestes da salvação e me envolveu num manto de justiça, como noiva que se adorna com suas jóias.


Responsório breve

V. Ave, Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco.
R. Ave, Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco.
V. Bendita sois Vós entre as mulheres
e bendito é o fruto do vosso ventre.
R. O Senhor é convosco.
V. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
R. Ave, Maria, cheia de graça, o Senhor é convosco.


Cântico evangélico (Benedictus)

Ant. Santa Mãe, Virgem imaculada, gloriosa Rainha do mundo, fazei que sintam a vossa protecção todos os que celebram esta vossa festividade.


Oração

Infundi, Senhor, a vossa graça em nossas almas, para que nós, que, pela anunciação do Anjo, conhecemos a encarnação de Cristo, vosso Filho, pela sua paixão e morte na cruz e com a intercessão da bem-aventurada Virgem Maria, alcancemos a glória da ressurreição. Por Nosso Senhor.


Das Laudes de hoje.

Nossa Senhora do Rosário é a Padroeira da Paróquia da Marinha Grande.
.
.

6 de outubro de 2011

Rezando o Evangelho de hoje

.
.



Lucas 11,5-13.
Naquele tempo, disse Jesus aos seus discípulos: «Se algum de vós tiver um amigo e for ter com ele a meio da noite e lhe disser: 'Amigo, empresta-me três pães, pois um amigo meu chegou agora de viagem e não tenho nada para lhe oferecer', e se ele lhe responder lá de dentro: 'Não me incomodes, a porta está fechada, eu e os meus filhos estamos deitados; não posso levantar-me para tos dar'.
Eu vos digo: embora não se levante para lhos dar por ser seu amigo, ao menos, levantar-se-á, devido à impertinência dele, e dar-lhe-á tudo quanto precisar.»
«Digo-vos, pois: Pedi e ser-vos-á dado; procurai e achareis; batei e abrir-se-vos-á; porque todo aquele que pede, recebe; quem procura, encontra, e ao que bate, abrir-se-á.
Qual o pai de entre vós que, se o filho lhe pedir pão, lhe dará uma pedra? Ou, se lhe pedir um peixe, lhe dará uma serpente? Ou, se lhe pedir um ovo, lhe dará um escorpião?
Pois se vós, que sois maus, sabeis dar coisas boas aos vossos filhos, quanto mais o Pai do Céu dará o Espírito Santo àqueles que lho pedem!»



Pai,
nós Te pedimos o Espírito Santo.
Derrama-O em permanência sobre as nossas vidas, sobre a Igreja, sobre aqueles que andam perdidos da vida que nos dás.
Só o Espírito Santo nos basta, porque guiados por Ele, iluminados por Ele, deixando-nos conduzir por Ele, tudo nos é possível segundo a Tua vontade, por Jesus Cristo Nosso Senhor.
Amen.
.
.

4 de outubro de 2011

S. FRANCISCO DE ASSIS

.
.



Memória

Nasceu em Assis, no ano 1182. Depois de uma juventude leviana, converteu-se a Cristo, renunciou a todos os bens paternos e entregou-se inteiramente a Deus. Abraçou a pobreza para seguir mais perfeitamente o exemplo de Cristo e pregava a todos o amor de Deus. Formou os seus companheiros com normas excelentes, inspiradas no Evangelho, que foram aprovadas pela Sé Apostólica. Fundou também uma Ordem de religiosas e uma Ordem Terceira para seculares; e promoveu a pregação da fé entre os infiéis. Morreu em 1226.


Hino

Humilde e pobre no mundo,
Rico de glória nos Céus,
O seu exemplo fecundo
A muitos revelou Deus.

Fez regra da sua vida
Seguir o santo Evangelho,
Fiel, na mesma medida,
Ao preceito e ao conselho.

Seu amor foi seu tormento
Na luta do dia a dia
E cantou no sofrimento
A nascente da alegria.

Em tudo seguiu Jesus,
De alma forte e decidida
E fez de Cristo na cruz
A paixão da sua vida.

Viveu a santa pobreza,
Todo entregue à mão de Deus,
E não quis outra riqueza
Senão o reino dos Céus.

Ao Pai e ao Verbo Incriado
E ao Espírito do amor
Seja por nós entoado
Um cântico de louvor.


Ant. Bened.

São Francisco, pobre e humilde na terra, entrou rico no Céu; e em sua honra se elevam hinos de glória.


Oração

Senhor nosso Deus, que fizestes de São Francisco de Assis, pobre e humilde, uma imagem viva de Jesus Cristo, concedei-nos que, percorrendo os mesmos caminhos, sigamos o vosso Filho e vivamos unidos a Vós na alegria da caridade. Por Nosso Senhor.


Das Laudes de hoje
.
.

3 de outubro de 2011

Rezando o Evangelho de hoje

.
.



Evangelho segundo S. Lucas 10,25-37.

Naquele tempo, levantou-se um doutor da Lei e perguntou a Jesus para O experimentar: «Mestre, que hei-de fazer para possuir a vida eterna?»
Disse-lhe Jesus: «Que está escrito na Lei? Como lês?»
O outro respondeu: «Amarás ao Senhor, teu Deus, com todo o teu coração, com toda a tua alma, com todas as tuas forças e com todo o teu entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo.»
Disse-lhe Jesus: «Respondeste bem; faz isso e viverás.»
Mas ele, querendo justificar a pergunta feita, disse a Jesus: «E quem é o meu próximo?»
Tomando a palavra, Jesus respondeu: «Certo homem descia de Jerusalém para Jericó e caiu nas mãos dos salteadores que, depois de o despojarem e encherem de pancadas, o abandonaram, deixando o meio morto.
Por coincidência, descia por aquele caminho um sacerdote que, ao vê-lo, passou ao largo.
Do mesmo modo, também um levita passou por aquele lugar e, ao vê-lo, passou adiante.
Mas um samaritano, que ia de viagem, chegou ao pé dele e, vendo-o, encheu-se de compaixão.
Aproximou-se, ligou-lhe as feridas, deitando nelas azeite e vinho, colocou-o sobre a sua própria montada, levou-o para uma estalagem e cuidou dele.
No dia seguinte, tirando dois denários, deu-os ao estalajadeiro, dizendo:'Trata bem dele e, o que gastares a mais, pagar-to-ei quando voltar.'
Qual destes três te parece ter sido o próximo daquele homem que caiu nas mãos dos salteadores?»
Respondeu: «O que usou de misericórdia para com ele.» Jesus retorquiu: «Vai e faz tu também o mesmo.»



Oh, Senhor,
obrigado, porque me chamas a atenção para a “caridadezinha” que tantas vezes pratico.
Tiro a “moedinha” do bolso, dou a “moedinha” e assim acalmo a minha pobre consciência.
Como se o facto de dar a “moedinha”, afastasse de vez a minha responsabilidade de ajudar aquele que é o meu próximo.
Afinal, o facto de dar a “moedinha”, pretende apenas, tantas vezes, significar que aquele problema não é meu, que o problema daquele próximo, não é meu, como se uma parte do “corpo” pudesse sofrer, sem a outra parte sofrer também.
E somos todos parte do Teu Corpo Místico, não é, Senhor?
Se uma parte sofre, as outras devem sofrer também.
Se uma parte se alegra, as outras devem alegrar-se também.
Ajuda-nos, Senhor, a sermos testemunhas do Teu amor, e a vermos-te em cada irmão que sofre, em cada irmão que se alegra.
Amen.
.
.

2 de outubro de 2011

SANTOS ANJOS DA GUARDA

.
.



Memória


Hino

Solícitos e puros,
Os Anjos são fiéis
Mensageiros de Deus
E da sua Palavra.

Força de Deus, Remédio
Nas fraquezas da vida,
Guias e companheiros
Desta humana jornada.

Guardam os nossos passos
E triunfam do mal,
Levando as orações
À divina presença.

No combate do mundo,
Guardai-nos hoje e sempre,
Anjos da nossa guarda,
Invisíveis e fortes.


Salmodia
Salmos e cântico do Domingo I.

Ant. 1 O Senhor enviará contigo o seu Anjo, para dirigir os teus caminhos.
Ant. 2 Bendito seja Deus, que enviou o seu Anjo e libertou os servos que n’Ele confiaram.
Ant. 3 Louvai o Senhor, todos os seus Anjos; louvai o Senhor, todos os seus Exércitos.


Leitura breve                                                                                                                      Ex 23, 20-21

Vou enviar um Anjo à tua frente, para que te proteja no caminho e te conduza ao lugar que preparei para ti. Respeita-o e obedece-lhe.


Responsório breve

V. Na presença dos Anjos
hei-de cantar-Vos, meu Deus.
R. Na presença dos Anjos
hei-de cantar-Vos, meu Deus.
V. E louvarei o vosso nome.
R. Hei-de cantar-Vos, meu Deus.
V. Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
R. Na presença dos Anjos
hei-de cantar-Vos, meu Deus.


Cântico evangélico (Benedictus)

Ant. Todos eles são espíritos ao serviço de Deus, enviados para exercer o seu ministério em favor daqueles que hão-de receber a herança da salvação.


Preces

Irmãos, adoremos o Senhor, em cuja presença estão multidões de Anjos para O servir, e oremos para que estes servos de Deus nos ajudem durante a nossa peregrinação na terra. Digamos com alegria:

Bendizei o Senhor, todos os seus Anjos.

Deus providente, que mandastes os vossos Anjos para nos guardar em todos os nossos caminhos,
— conduzi-nos hoje pelos vossos caminhos, sem mancha de pecado.

Deus de bondade, cuja face os nossos Anjos dia e noite contemplam no Céu,
— fazei que busquemos continuamente o vosso rosto.

Deus de infinita santidade, cujos filhos são como os Anjos do Céu,
— dai-nos a pureza de corpo e alma.

Enviai, Senhor, o grande príncipe Miguel em auxílio do vosso povo,
— para que o defenda no combate contra Satanás e seus anjos.


Pai nosso


Oração

Senhor, que na vossa admirável providência enviais os Anjos para nos guardarem, ouvi as nossas súplicas e fazei que sejamos sempre defendidos pela sua protecção e gozemos eternamente da sua companhia. Por Nosso Senhor.


Das Laudes de hoje
.
.