9 de abril de 2011

Rezando o Evangelho de hoje - Meditando na Quaresma

.
.
Evangelho segundo S. João 7,40-53.

Então, entre a multidão de pessoas que escutaram estas palavras, dizia-se: «Ele é realmente o Profeta.»
Diziam outros: «É o Messias.» Outros, porém, replicavam: «Mas pode lá ser que o Messias venha da Galileia?! Não diz a Escritura que o Messias vem da descendência de David e da cidade de Belém, donde era David?»
Deste modo, estabeleceu-se um desacordo entre a multidão, por sua causa.
Alguns deles queriam prendê-lo, mas ninguém lhe deitou a mão.
Depois os guardas voltaram aos sumos sacerdotes e aos fariseus, que lhes perguntaram: «Porque é que não o trouxestes?»
Os guardas responderam: «Nunca nenhum homem falou assim!»
Replicaram-lhes os fariseus: «Será que também vós ficastes seduzidos? Porventura acreditou nele algum dos chefes, ou dos fariseus? Mas essa multidão, que não conhece a Lei, é gente maldita!»
Nicodemos, aquele que antes fora ter com Jesus e que era um deles, disse-lhes:
«Porventura permite a nossa Lei julgar um homem, sem antes o ouvir e sem averiguar o que ele anda a fazer?»
Responderam-lhe eles: «Também tu és galileu? Investiga e verás que da Galileia não sairá nenhum profeta.»
E cada um foi para sua casa.


Senhor,
quando algo põe em causa a nossa forma de viver, segundo a nossa vontade, também nós não aceitamos, também somos levados a desprezar o que nos é dito, porque não queremos mudar.
E é fácil, Senhor, tão fácil, arranjarmos "argumentos" para assim procedermos.
Abre, Senhor, os nossos corações à Tua Palavra, para que ouvindo-A, acreditemos, e acreditando alcancemos a salvação por Tua graça.
Amen.
.
.

1 comentário:

aguarela disse...

Boa tarde Joaquim!

Este Evangelho tem muitos aspectos para explorarmos,não é amigo?!É de uma riqueza...inesgotável!
Vim aqui para lhe dizer que a sua oração parece que assenta como uma luva.Faço minhas as suas palavras.
Obrigada pela partilha.
É sempre um prazer vê-lo através das letras.Bem-Haja!!!
Um beijinho da sua irmã em Cristo,Senhor nosso.