10 de Maio de 2008

Descanse em paz...

Meu Deus, hoje deixo-te aqui palavras soltas banhadas por lágrimas. Venho pedir-te que protejas aquele Teu filho, meu amigo querido, que chamaste para Ti esta semana... Foi cedo mais, mas Tu sabes que tinha chegado a sua hora...

Mas porque tem que ser assim?! Desde menino que teve uma vida tão dificil, mas não foi por isso que se tornou amargo, pelo contrário...Fez mais pelos outros durante estes anos, que alguns de nós fará toda a vida... Foi para o terreno, para junto daqueles que precisavam... Foi várias vezes, e a ultima entre tiros e bombas, e as suas armas eram apenas palavras... Foi ferido, quase morto, mas conseguiu superar tudo isso... Mas depois veio para sofrer... Teve que sofrer tanto... porquê?!

Meu Deus, vê como ele é generoso mesmo depois de sua morte... Vê... Porque quase ninguém ouve falar deste e de outros que morrem para fazer o bem?

Ele questionava a Tua existência, não porque não acreditava [eu acho que no fundo ele sabia...], mas porque sofreu tanto, em tão poucos anos... Assim como sofreu tanto nos ultimos meses...

Meu Deus, protege este Teu filho, dá descanso à sua familia e amigos que tanto sofrem...



Pai Nosso,
que estais nos céus
santificado seja o Vosso nome,
venha a nós o vosso reino,
seja feita a Vossa vontade
assim na Terra como no Céu.
O pão nosso de cada dia nos dai hoje,
perdoai-nos as nossas ofensas
assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido
e não nos deixeis cair em tentação,
mas livrai-nos do mal.
Amen

4 comentários:

marta disse...

repito-te o que já te disse hoje. Os que são como ele, morrem cedo e vivem para sempre!

Beijo enorme! E... aquele abraço!

Ecclesiae Dei disse...

Estaremos em oração por sua família, amigos e conhecidos. E que ele esteja já com Deus!

Fa menor disse...

Cátia,
por entre lágrimas, estou contigo nesta oração.
Peço por ele a Deus que é pai e misericordioso.

joaquim disse...

Cátia

Um abraço grande.

Rezamos por ele e pela sua familia.