13 de Maio de 2009

Salmo 5




5 ORAÇÃO DA MANHÃ CONTRA OS INIMIGOS Salmo individual de súplica, feita por ocasião das orações da manhã. Os pedidos incidem sobre as condições exigidas para que alguém se possa aproximar condignamente de Deus, no seu templo. Define a vida moral, suplicando a graça de pôr em prática o bem e solicitando que o mal praticado pelos inimigos seja castigado. A oração litúrgica é aqui sobretudo um espaço de reflexão sobre o agir humano.


1 Ao Director do coro. Para instrumentos de corda. Salmo de David.


2 Ouve, SENHOR, as minhas palavras e atende a minha súplica.


3 Escuta a voz do meu clamor, ó meu Rei e meu Deus, pois eu elevo a ti a minha oração.


4 *Pela manhã, SENHOR, escuta a minha voz. Mal o Sol nasce, exponho diante de ti o meu pedido e fico à espera, confiante.




5*Tu não és um Deus que se agrade do mal; os maus não podem viver a teu lado.




6 Os arrogantes não poderão subsistir na tua presença, pois detestas os que praticam a iniquidade.




7 Exterminas os mentirosos. O homem sanguinário e fraudulento é detestado pelo SENHOR.


8 Mas eu, pela grandeza do teu amor, entrarei na tua casa para te adorar, com reverência, no teu santo templo.





9*Guia-me, SENHOR, pelos caminhos da tua justiça; defende-me contra os que me perseguem; aplana diante de mim o teu caminho.





10 Na boca deles não há sinceridade ;no seu coração só há malícia. A sua garganta é um sepulcro aberto e com a língua tentam seduzir os outros.



11 Castiga-os, ó Deus, frustra os seus desígnios; expulsa-os pelos seus numerosos crimes, porque se revoltaram contra ti.





12 Mas alegrem-se e rejubilem para sempre todos os que em ti confiam. Tu proteges e alegras os que amam o teu nome.





13 Porque Tu, SENHOR, abençoas o justo e o envolves num escudo de graça.

Sem comentários: