8 de dezembro de 2007

2º Domingo do Advento


Por vezes, Senhor, o caminho é difícil para mim,
Por vezes, para mim e para muita gente
Ao meu redor e por todo o mundo.
Caminhamos dia após dia, mas para ir até onde?
Olho João Baptista em pleno deserto:
À sua volta só há aridez,
E penso que, por vezes, também o mundo está em pleno deserto.
O seu coração tornou-se seco; nada e ninguém lhe dá de beber!
Ajuda-me a olhar para Ti, Senhor,
A escutar as palavras do Evangelho.
Ajuda-me a compreender como mudar de vida,
Como retomar a direcção certa, se for preciso,
E caminhar para o nosso Pai que nos ama e que nos espera.

1 comentário:

Ana disse...

Gratidão a ti Peregrino, pela paz aqui concedida.

Advento

Amem