9 de janeiro de 2010

Cristo na fila do Baptismo

Senhor, Pai santo, Deus eterno e omnipotente,
é verdadeiramente nosso dever, é nossa salvação
dar-Vos graças, sempre e em toda a parte:
Nas águas do rio Jordão, realizastes prodígios admiráveis,
para manifestar o mistério do novo Baptismo:
do Céu fizestes ouvir uma voz,
para que o mundo acreditasse
que o vosso Verbo estava no meio dos homens;
pelo Espírito Santo, que desceu em figura de pomba,
consagrastes Cristo vosso Servo com o óleo da alegria,
para que os homens O reconhecessem como o Messias
enviado a anunciar a boa nova aos pobres.

Prefácio O Baptismo do Senhor

1 comentário:

Maria disse...

Assim seja!
Joaquim, também tenho alguns blogs que me aventurei a iniciar, deixo-lhe o endereço de um deles, por ali chega aos outros. Como já é "pró" nestas coisas, gostava que os visitasse.
reflectir-maria.blogspot.com
Um abraço na paz do Senhor.
Maria