18 de novembro de 2008

ORAÇÃO DE ABANDONO

Pai, em tuas mãos eu me entrego.
Faze de mim o que quiseres.
Por tudo que fizeres de mim, eu te agradeço.
Estou disposto a tudo, aceito tudo, contanto que tua vontade seja feita em mim e em todas as tuas criaturas.
Não desejo mais nada, meu Deus.
Ponho minha alma em tuas mãos.
Entrego-a a Ti, meu Deus, com todo ardor de meu coração, porque te amo.
E é para mim uma necessidade de amor dar-me, entregar-me em tuas mãos sem medida, com infinita confiança,
Porque Tu és meu Pai.
Amém.
Ignácio Larrañaga

3 comentários:

Verdinha disse...

Senhor, dá-me a força de me entregar totalmente a ti, ultrapassando todas as entraves que me fazem, às vezes, esquecer a oração.
Abraços verdinhos a todos

Tentativas Poemáticas disse...

Caro amigo e irmão na Fé
É com regularidade que visito a Igreja onde frequentei a Catequese (Igreja de S. Domingos). Sento-me e medito, ouvindo os cânticos gregorianos como música de fundo, mas, infelizmente, ouvindo também os toques aberrantes dos telemóveis.
Gosto de passar e meditar neste seu espaço.
Um grande abraço.
António

Mari disse...

Que lindo!
Que possa ter sempre essa confiança!
Amém.