17 de junho de 2008

"Vossa sou, para Vós nasci" - S.Teresa de Ávila

Vossa sou, para Vós nasci,
Que quereis fazer de mim?

Soberana Majestade,
Eterna Sabedoria,
Bondade tão boa para a minha alma,
Vós, Deus, Alteza, Ser Único, Bondade,
Olhai para a minha baixeza,
Para mim que hoje Vos canto o meu amor.
Que quereis fazer de mim?

Vossa sou, pois me criastes,
Vossa, pois me resgatastes,
Vossa, pois me suportais,
Vossa, pois me chamastes,
Vossa, pois me esperais,
Vossa pois não estou perdida,
Que quereis fazer de mim?

Que quereis então, Senhor tão bom,
que faça tão vil servidor?
Que missão destes a este escravo pecador?

Eis-me aqui, meu doce amor,
Meu doce amor, eis-me aqui.
Que quereis fazer de mim?

Eis o meu coração,
que coloco em Vossas mãos,
com o meu corpo, minha vida, minha alma,
minhas entranhas e todo o meu amor.
Doce Esposo, meu Redentor,
para ser Vossa, me ofereci,
que quereis fazer de mim?

Dai-me a morte, dai-me a vida,
a saúde ou a doença
dai-me honra ou desonra
a guerra, ou a maior paz,
a fraqueza ou a paz plena,
a tudo isso, digo sim:
Que quereis fazer de mim?

Vossa sou, para Vós nasci,
Que quereis fazer de mim?

2 comentários:

osátiro disse...

Rezemos por Ferrer García, preso político católico cubano, em greve de fome por condições desumanas

Mari disse...

Aqui sinto muito forte a presença de Deus. Essa música então!? Linda demais.
Bem, Santa Teresa me ajudou muito na vida, li seu livro, um sobre sua vida. Foi bem difícil ler, confesso, mas tenho uma identificação forte com a Santa.
Um dia, muito frio, fui no convento, fica na rua santa teresa, uma subida, lugar de acesso difícel, jamais esqueci a cena....subi rapidamente a rampa....sem medo do lugar....fui encontrar um padre para me rezar. Ele tem o dom de cura de gerações.....e não encontrava ninguém....estava meio escuro e tocava a campainha....a esta altura, já estava chorando, quando olhei para a imagem da Santa....nossa, imóvel como estátua, mas viveu por instantes dentro de mim....aquela imagem e cena não saíram da minha cabeça.
Ela é uma santa forte demais e tem seu lado místico, que quase ninguém sabe.
Logo depois, o padre abriu a porta da entrada para o convento, isto é, na parte de fora, um anexo da casa dele. Um bom padre, pena que foi proibido de rezar pelos antepassados.
Enfim.... fiquei feliz pela recordação da Santa no blog. mari.