23 de junho de 2008

Basta amar...

A inteligência sem amor, faz-te perverso.
A justiça sem amor, faz-te implacável.
A diplomacia sem amor, faz-te hipócrita.
O êxito sem amor, faz-te arrogante.
A riqueza sem amor, faz-te avarento.
A docilidade sem amor, faz-te servil.
A pobreza sem amor, faz-te orgulhoso.
A beleza sem amor, faz-te ridículo.
A autoridade sem amor, faz-te tirano.
O trabalho sem amor, faz-te escravo.
A simplicidade sem amor, deprecia-te.
A lei sem amor, escraviza-te.
A política sem amor, deixa-te egoísta.
A vida sem AMOR... não tem sentido!
(Desconhecido)

2 comentários:

Mari disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Mari disse...

Olá!
Vim apagar o comentário, entendi o que se passou, coisas de net. Pode eliminar o comentário eliminado...andei postando e estou arrumando e agora lendo com calma.
Eu me sinto tão em casa aqui, já falei uma vez...a música é linda, tudo claro aos meus olhos, sim aqui tem amor.
O que seríamos sem este sentimento sagrado? Somente Deus para nos dá-los de graça e de forma imensurável. Viva o amor nos nossos corações.
Que Deus possa iluminar a todos nós com este sagrado sentimento humano.
A pobreza em algumas áreas da vida, muitas vezes pode trazer mais ainda amor.


" O mistério do amor"
.....
"As águas da torrente jamais poderão apagar o amor, nem os rios afogá-lo. Quisesse alguém dar tudo o que tem para comprar o amor....
Seria tratado com desprezo"
Cântico dos cânticos.

mari.